Linguagem
Cultura
Personalidades


Ascendino Leite

Paraibano, natural do município de Conceição do Piancó, Ascendino Leite nasceu em 23 de junho de 1915, em meio a uma seca arrasadora. Escritor nato, ele se destacou como crítico, romancista, jornalista, poeta e memorista. Dedicou-se ao jornalismo até 1961 não apenas escrevendo, mas também gerindo: ele dirigiu jornais na Paraíba, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

 

Entretanto, a literatura não foi passageira na sua vida. Desde cedo ele começou a produzir seus primeiros trabalhos, para não mais parar. Como romancista, sua obra inicial foi o “A viúva branca”. Depois dela, veio uma série de outros títulos, que ascenderam o nome de Ascendino Leitte entre os melhores autores nacionais.

 

Suas obras são várias e bem acolhidas pela crítica, passando por poesias e diários. Ganham destaque, em ordem cronológica, os trabalhos: O Salto Mortal; A Prisão; As Coisas Feitas; O Brasileiro; Durações; Sonho de uma noite de verão; Poesia reunida; e Poemas do fim comum.

 

Ascendino, também fez história com a publicação de seu Jornal Literário, projeto de grande importância, que rendeu ao autor prêmios como o Pen Clube do Brasil e o de Joaquim Nabuco. O paraibano faleceu em 13 de junho de 2010, vítima de insuficiência respiratória. Ainda em vida, entretanto, ele teve a satisfação de ser conhecido e respeitado como um dos grandes nomes da literatura brasileira.

Ascendino Leite

Foto de Ascendino Leite
  • Nome: Ascendino Leite
  • Nascimento: 23 de junho de 1915
  • Morte: 13 de junho de 2010
  • Profissão: Escritor

Deseja saber mais sobre Ascendino Leite?

Veja mais
fotos
Veja mais
sites que citam seu nome