Linguagem

Arquitetura e cotidiano Ver mais

Beleza e funcionalidade em projetos e ambientes

Solução e Sustentabilidade

Às vésperas da abertura da 1ª. edição da Casa Cor PB - em meio a todos os tipos de materiais de obra - me peguei pensando em quantas soluções lindas e low cost conseguimos criar para alcançar os efeitos que queremos.

Num evento de altíssimo padrão como este, a resiliência é essencial. Com prazos curtíssimos e e tantos imprevistos que surgem durante a montagem do espaço, precisamos exercitar a arte do improviso e explorar a criatividade ao máximo. 

E por que não usarmos estes mesmos atributos nas obras do dia a dia e de outros padrões? Com jogo de cintura e boa vontade é possível fazer verdadeiros milagres na arquitetura e decoração.

Na linha da sustentabilidade, tenho buscado reaproveitar e realocar os materiais de uma obra para a outra, de um cliente para o outro e até mesmo dentro da mesma obra. É uma satisfação ver materiais que seriam simplesmente descartados, serem aplicados em novos locais com o resultado que queremos.

Recentemente, num projeto de restaurante, aproveitei elementos construtivos do imóvel residencial anterior para compor o mobiliário em sua nova função. As lindas e resistentes janelas em ipê e portas em madeira maciça ganharam bases em serralheria e se transformaram em mesas de atendimento, os vasos sanitários antigos foram usados no pavimento superior para os novos vestiários dos funcionários, bancadas grandes foram cortadas e renderam peças menores para atender dois ambientes. Assim, além de evitar o desperdício de materiais em perfeito estado, evitamos também a aquisição de novos e mantemos a memória do local. A arquitetura se faz muito mais envolvente e interessante quando “conta a história” do lugar.

Penso que gerenciar recursos é fundamental. Não é uma questão de mera economia, mas sim, de filosofia. Desgastamos nosso planeta extraindo subsídios para a construção civil e indústria e precisamos ter plena consciência quando usufruímos dos manufaturados.

É claro que como arquiteta prezo demais pela estética e jamais vou compor algum projeto sem leva-la em conta como uma das principais premissas. No entanto, após 11 anos de carreira, o olhar treinado me faz enxergar beleza onde ainda não há e me permite desenvolver soluções mais arrojadas para cada cliente.

Seguem abaixo alguns exemplos:

Foto: Divulgação/Thais


Foto: Divulgação/Thais

Foto: Divulgação/Thais

Foto: Divulgação/Thais


Autoria
  • Email

Thais Figueiredo

Thais Figueiredo

Thais Figueiredo é formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Santa Catarina, mora atualmente em João Pessoa e tem projetos assinados em diversos estados do Brasil e ainda nos Estados Unidos, Argentina e Suíça.