Linguagem

Arquitetura e cotidiano Ver mais

Beleza e funcionalidade em projetos e ambientes

Composições: um universo a se explorar...

Foto: Divulgação/Thaís Figueiredo
É sabido que as cores influenciam diretamente no nosso estado de espirito e sensações quando estamos num ambiente. No entanto, hoje quero ampliar um pouco esta visão e apresentar a vocês o universo das composições.


Foto: Divulgação/Thaís Figueiredo
Na arquitetura de interiores e decoração, temos já quase que por instinto, a necessidade de criar, aguçar os sentidos, surpreender...


Foto: Divulgação/Thaís Figueiredo
Além do estudo da paleta de cores para cada projeto, de acordo com a intenção e uso para os espaços, há sempre um estudo complementar, que é fundamental para o sucesso: a “composição do todo”. Ou seja, quando projetamos, idealizamos cada cantinho em 3 dimensões, imaginando o que será delineado em cada parede, teto e piso, quais serão os acabamentos e cores utilizados, onde haverá móveis, luminárias de efeito, detalhes de gesso, etc. É necessário reunir todos os elementos presentes na concepção para estudar a harmonia entre as texturas, temperaturas dos materiais, tonalidades, peso estético de cada um, compatibilidades técnicas, formas e sequencias de aplicação, entre uma infinidade de questões.


Foto: Divulgação/Thaís Figueiredo
Eu, particularmente, tenho este velho hábito de soltar as amostras dos catálogos e montar como um quebra cabeças sobre a mesa, toda a composição que veremos no ambiente. Quanto mais completa ela for, mais seguro será o resultado e mais fácil será a compreensão do todo pelo cliente.


Costumo reunir pequenas peças de MDF, amostras de tintas, vidros polidos, satinados, coloridos, mármores, granitos, silestone, corian, porcelanatos, etc. E o que faz toda a diferença... ainda completar com tecidos, persianas, cortinas, estampas, papéis de parede e revestimentos especiais, mostrando o quanto estes materiais fazem a diferença no resultado final. 

Foto: Divulgação/Thaís Figueiredo
Quando ambientamos um espaço e o deixamos vazio de aconchego – sem tecidos, persianas, objetos decorativos e pessoais – temos a sensação de estar numa casa de revista, impessoal, sem dono. Quando captamos um pouco da essência do morador e trazemos isto na escolha destes acabamentos, a identidade se reflete e se evidencia na sala, no quarto, na cozinha.


É muito bom quando percebemos que este toque final foi certeiro e revelou a personalidade daqueles que ali habitam, que cada um se identificou com os detalhes escolhidos e ficou satisfeito quando viu tudo finalizado. Para mim é o melhor da profissão! Exercê-la com amor, realizando sonhos e encontrando alegria no sorriso de satisfação dos nossos clientes a cada obra entregue. =)

Autoria
  • Email

Thais Figueiredo

Thais Figueiredo

Thais Figueiredo é formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Santa Catarina, mora atualmente em João Pessoa e tem projetos assinados em diversos estados do Brasil e ainda nos Estados Unidos, Argentina e Suíça.