Linguagem

Coaching Ver mais

Consultoria de gestão, carreira, liderança e treinamentos

Na correria

Foto: Internet
Hoje em dia, dizer que está “na correria” é quase como um cumprimento quando as pessoas se encontram.  Interessante perceber que falar “estou tranquilo” virou sinônimo de baixa produtividade.

Pare e perceba se você é mais uma dessas pessoas que está se deixando levar e apenas repetindo o que diz a manada. Será?

Pois saiba que fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo nunca será sinal de produção qualificada. 

Me desculpe a mulherada de plantão, mas que grande mentira essa história de dizer que nós somos capazes de realizar várias tarefas ao mesmo tempo. Tal conceito já caiu por terra e hoje é uma ideia banal sobre a verdade da vida.

Tão comum utilizar a correria como justificativa para algo mal feito ou não realizado. Uma visita, um telefonema, uma tarefa, a tal sessão de coaching, comer. Tantas coisas importantes são subjugadas por conta “da correria”.

O mais legal é que “A Correria” se transformou em um ente despersonalizado, alheio ao nosso corpo e cheio de poder. Sim, pois ”A Correria” tem vida própria!

Nesse momento, tiramos de nós a responsabilidade sobre nós mesmos e entregamos para “A Correria” todo o poder!

Nem sabemos sobre o que falamos, apenas falamos.

Fiquemos com algumas reflexões... 

Será que tudo o que encaramos como urgente é mesmo urgente? Será que temos priorizado as coisas que realmente devem ser priorizadas? Precisamos mesmo viver de maneira desorganizada, atendendo as demandas que berram no nosso ouvido?

E, o mais polêmico... O quanto dessa correria é inventada?

Por fim, reflita com o objetivo de viver de forma consistente o presente.

Autoria
  • Email

Israella Ramalho

Israella Ramalho

Israela Ramalho é Master Coach apaixonada por desenvolver o ser humano. Atua como mentora e coach de pessoas, times e organizações. É empreendedora, autora de livros, professora em pós-graduação e uma eterna curiosa.