Linguagem

Descomplicando o Seguro Ver mais

O universo dos seguros de forma acessível

Por que fazer seguro se estou no controle!?

Foto: Pixabay
Por muitas vezes pela nossa prepotência de existir sugerimos que somos intransponíveis e nunca viveremos situações de Risco. Essa afirmação é totalmente aleia a realidade da vida.

Nós crescemos aprendendo com nossos pais que na sua excelência de educar nos enchem de cuidados contra a violência desenfreada. Nos ensinam a administração financeira através do nosso primeiro salário “nossa desejada mesada”.  Vamos a escola lá estudamos, nos preparamos anos engolindo livros para ir à universidade e finalmente encarar o mercado de trabalho, nossos sonhos de consumos são apurados e o desejo de possui nosso primeiro bem de valor: “meu veículo motor”.

Agora já podemos ir a balada livre da dependência dos amigos, encontrar a cara metade que lá estava escrita nas estrelas e com ela constituir família. Agora com o compromisso de cuidar da casa do trabalho e repetir toda a história vivida, já cantada pelo artista “Como Nossos Pais”.

Livre da proteção familiar o que devemos fazer com os Riscos que vamos encontrar. Rezar a Deus para proteger nossos caminhos como diriam os religiosos ou entregar a sorte, para os não crentes.

Não que as afirmativas não sejam verdadeiras de fato precisamos de proteção divina e por que não uma divina sorte para passarmos isentos diante de tantas incertezas que encaramos todos os dias. Estamos vivendo agora o momento mais difícil dos últimos 70 anos, uma guerra contra um inimigo invisível e cruel que nos faz lembrar um filme de ficção cientifica onde todos aguardam o fim das 02 ou 03 horas pra sair do Cinema da Vida Real e encontrar o final feliz.

Fato é que a incerteza está sempre presente e por ela que devemos nos proteger. Se olhássemos com atenção cuidaríamos em sequência da saúde, pois sem ela não teríamos como alongar o curso da vida. Vivo precisar trabalhar pra prover a existência como àquele antigo homem das cavernas que se expunham a caça pra alimentar sua prole e nos tempos modernos ter como levantar bens e patrimônio através de todo esforço diário.

Analisando assim quão importante entender no encaixe da renda familiar ter Seguro Saúde pra nos dar condição de estar saudável. Realizar o Seguro de Vida, pois apesar de ter como princípio básico a incerteza de acontecer é o único risco que podemos fugir, embora não saibamos quando. Vale dizer que é provado por estudiosos e o óbito do provedor da casa pode levar até 05 anos pra que a família reaprenda a adaptar os gastos e entrar novamente nos trilhos.

E a profissão, quantas podem ser encerradas por um ato e imprudência, negligencia ou imperícia face ao aspecto jurídico descrito no código civil Artigo 927 diz que o agente do erro terá que indenizar com seus próprios bens se for o preciso a vítima pelo dano gerado.

Importante lembrar que mais competente que seja o profissional, um Médico ou Advogado cheio de títulos e experiência é humano dessa forma falível a errar, não implica afirmar que possa ser vítima do acaso. Pagar e ter um Seguro para exercício da profissão ajuda financeiramente num acordo com o reclamante, protege a imagem em tempos de rede social globalizada e seguramente a manterá um equilíbrio numa despesa inesperada.

Com saúde, vida e profissão protegidas é possível ter carros, casa e empresa e também resguarda-los quanto ao inesperado: Um incêndio ou roubo por exemplo.

Essa condição de ser previdente sem dúvida não evita que os riscos aconteçam, porem ajudará a senti-los de forma menos sofrível possível, fazendo daquilo que é incerto algo que possamos passar por cima de forma amenizada. 


Autoria
  • Twitter
  • Email

Adjamir Pontes

Adjamir Pontes

Adjamir Pontes é especialista em Seguros, atuando no mercado desde 1991. Trabalhou na BANORTE SEGURADORA, TREVO SEGURADORA, UNIBANCO AIG SEGUROS, atualmente CEO da GARANTIA SEGUROS na PB e RN, Professor da ESCOLA NACIONAL DE SEGUROS e Criador de Conteúdo @descomplicando.seguros