Linguagem

Economia Criativa Ver mais

Atividades inteligentes e sustentáveis

Cidades Criativas da Unesco

Com o objetivo de aproximar cidades que adotam soluções criativas para promover o desenvolvimento urbano sustentável, a inclusão social e a produção cultural, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) lançou em 2004 a Rede de Cidades Criativas. Desde então, já selecionou 116 cidades em todo o mundo, em sete categorias: Artesanato e Arte Folclórica, Design, Filme, Gastronomia, Literatura, Música e Artes de Mídia. 

No Brasil foram selecionadas: Florianópolis (SC) e Belém (PA), na categoria Gastronomia; Curitiba (PR) em Design; Salvador (BA) na categoria Música e Santos (SP) em Filme. 

Foto: Cayambe/Wikimedia CommonsGastronomia: Ver-o-Peso (Belém_PA) foi criado em 1627 e é referência em entreposto pela variedade de ingredientes da região amazônica.Gastronomia: Ver-o-Peso (Belém_PA) foi criado em 1627 e é referência em entreposto pela variedade de ingredientes da região amazônica.

Ao aderir à Rede, as cidades assumem o compromisso de promover indústrias culturais, compartilhar melhores práticas, incentivar a participação popular e integrar a cultura nas estratégias de desenvolvimento econômico e social. 

Foto: DivulgaçãoSantos tem 25 salas de cinema sendo três públicas. E realiza festivas como o Curta Santos. (curta metragens). Santos tem 25 salas de cinema sendo três públicas. E realiza festivas como o Curta Santos. (curta metragens).
As cidades que se candidatam a fazer parte da Rede de Cidades Criativas devem focar a criatividade local como fator estratégico e estar alinhadas à missão da Unesco em relação à promoção diversidade. Desta forma, através de uma plataforma global, a Rede facilita o compartilhamento de experiências entre as cidades membros cujas atividades são baseadas no tema turismo criativo e cultural. E assim facilita conhecimentos e recursos por meio de parcerias com os setores público e privado, organizações profissionais, comunidades, sociedade civil e instituições culturais em todas as regiões do mundo. 

A Agenda 2030 da Unesco, adotada pela comunidade internacional em setembro de 2015, aponta a cultura e a criatividade como fatores-chave para o desenvolvimento urbano sustentável. A atuação da Rede está alinhada à nova agenda global. 

A próxima reunião da Rede de Cidades Criativas da Unesco está prevista para setembro de 2016, em Östersund (Suécia). 

Autoria
  • Email

Sandra Vasconcelos

Sandra Vasconcelos

Sandra Vasconcelos é co-founder da Maximize Marketing. Formada em Jornalismo, com pós-graduação em Artes Visuais e Gastronomia (Espanha). Com o blog Babel das Artes, ganhou o Prêmio Nacional Top Blog. Foi finalista no Prêmio Brasil Criativo 2014 do Ministério da Cultura