Linguagem

Fórum das Mulheres de Negócios Ver mais

Empreendedorismo feminino

Os Axiomas de Zurique, aplicação direta

Foto: internet
Motivada por uma verdade, decidir compartilhar algumas instruções importantes transferidas de pais para filhos há anos na Suíça. São os segredos dos banqueiros suíços. Este pequeno país europeu possui uma renomada vocação financeira, graças a sua política econômica e a mentalidade de seu povo. Sempre ouvimos que alguns bilionários possuem contas na Suiça!  Max Gunther, em seu livro: Os Axiomas de Zurique, retrata esta realidade e nos ensina a ser investidores.  

Os Axiomas de Zurique podem ser traduzidos como as leis dos investidores suíços. No livro estas leis estão dispostas em 12 leis maiores e 16 leis menores. Para facilitar a aplicação do conhecimento e identificação dessas características e comportamentos, fiz um pequeno resumo dos Grandes Axiomas e de seus respectivos axiomas menores, logo em seguida. 

Para ser investidor antes de adquirir o conhecimento especifico, é necessário adotar o comportamento de investidor. No livro em questão, cita algumas características de um investidor: Assumir riscos, não ser tão ganancioso, possuir boa dose de realismo, saber ler tendências (mas nem sempre acreditar nelas), acreditar em sua intuição, ser autoconfiante, possuir capacidade de planejamento e definição de metas, fugir de padrões e não criar “raízes”. Avaliando estas características podemos aplica-las numa nova postura de vida!

Os Axiomas de Zurique:

I.Do Risco: Se não está preocupado o bastante, não está arriscando o bastante. 

1.Só aposte o que vale a pena

2.Resista à tentação das diversificações

II.Da Ganância: Realize o lucro sempre cedo demais, ou seja, nem sempre espere para que possa ganhar mais, isso pode não acontecer.

3.Entre sabendo quanto quer ganhar e saia fora ao chegar lá.

III.Da Esperança: Quando o barco começar a afundar, não reze. Abandone-o. Haja!

4.Aceite as pequenas perdas com um sorriso, como fatos da vida. Conte incorrer em várias, enquanto espera um grande ganho.

IV.Das Previsões: O comportamento do ser humano não é previsível. Desconfie de quem afirmar que conhece uma nesga que seja do futuro.

V.Dos Padrões: Até começar a parecer ordem, o caos não é perigoso.

5.Cuidado com a armadilha do historiador (aquele que se baseia no histórico de alguma aplicação).

6.Cuidado com a ilusão do grafista (aquele “historiador” que quer te convencer com gráficos).

7.Cuidado com a ilusão da correlação e a ilusão da causalidade (para ganhar dinheiro nem sempre existe uma relação de causa e efeito).

8.Cuidado com a falácia do jogador (Não acredite na persuasão, busque evidencias!)

VI.Da Mobilidade: Evite lançar raízes. Essas raízes tolhem seus movimentos. Não fique por muito tempo em um mesmo investimento. Diversifique um pouco.

9.Numa operação que não deu certo, não se deixe apanhar para sentimentos como lealdade e saudade. Quebre a crença que não está dando certo agora, mas vai dar certo. Caia fora!

10.Jamais hesite em sair de um negócio se algo mais atraente aparecer a sua frente.

VII.Da Intuição: Só se pode confiar num palpite que possa ser explicado. Busque evidências!

11.Jamais confunda palpite com esperança.

VIII.Da religião e do Ocultismo: É improvável que dentre os desígnios de Deus para o universo se. inclua o de fazer você ficar rico. Mas se esta for a vontade Dele, isso vai acontecer, desde que você faça a sua parte

12.Se a astrologia para ganhar dinheiro funcionasse, todos os astrólogos seriam ricos. 

13.Não é necessário exorcizar uma superstição. Podemos curtí-la, desde que ela conheça o seu lugar. Não se deixe dominar por ela.

IX.Do Otimismo e do Pessimismo: Otimismo significa esperar o melhor, mas confiança significa saber como lidar com o pior. Jamais faça uma jogada por otimismo apenas.

X.Do Consenso: Fuja da opinião da maioria, provavelmente está errada. 

14.Jamais embarque nas especulações da moda. Com frequência, a melhor hora de se comprar alguma coisa é quando ninguém a quer.

XI.Da Teimosia: Se não deu certo da primeira vez, desista!

15.Jamais tente salvar um mau investimento fazendo o “preço médio”. Considerar o preço médio é assumir que o preço vai variar para mais e para menos. Não aceite pagar por esta variação. Estabeleça o preço que se quer ganhar e se cair, mude de investimento!

XII.Do Planejamento: Planejamentos a longo prazo geram a perigosa crença de que o futuro está sob controle. É importante jamais levar muito a sério os seus planos de longo prazo, nem os de quem quer que seja.

16.Fuja dos investimentos a longo prazo.


Estas leis podem ser tornar leis universais se for ampliada a sua aplicação. Sendo empregada não só para investidores financeiros, mas para nossa postura de vida. No processo de Coaching trabalha-se a potencialidade rica de cada ser que pode ser ajustada para ganhos especutalares, inclusive financeiro. Para isso, basta ajustar alguns comportamentos, criar uma nova mentalidade e sintonizá-los com a abundância cósmica.


Autoria
  • Email

Juliana Castro

Juliana Castro

Presidente do Fórum das Mulheres, coach de resultados e diretora da Higieniza Soluções.