Linguagem

Gestão e Empreendedorismo Ver mais

Parceria com a Seiva Consultoria

Avalie o que mais importa

Foto: divulgação
Em nossa cultura entendemos que um planejamento deve ser feito próximo ao final do ano. Pra mim, planejar é atemporal. Qualquer época é época. Basta que você tenha desejos e queira que se concretizem.

No entanto, existe aquela prática de começar o ano com o pé direito, já com as ações definidas frente aos seus objetivos. Sendo assim, vou mostrar pra você como o processo de planejamento da Google, Intel, Dropbox, Twitter entre outras, pode ser aplicado ao seu negócio e até em sua vida.

Você deve ter ouvido falar em métodos ágeis, não é? Focar em poucos objetivos e em resultados esperados, atribuindo responsabilidades e deixando claro para todos tudo que foi planejado são premissas do famoso OKR (Objectives and Key Results - Objetivos e Resultados-Chave).

Essa metodologia foi criada por Andy Grove em 1968 e apresentada por John Doerr ao Google. Em 2017 John escreveu o livro ‘Avalie o que importa’, que se tornou uma das referência no estudo e aprendizado do OKR.

Pois então, o que é OKR e como você pode utilizá-lo em seu negócio e até na vida pessoal? Segundo Oerton Fernandes, seu principal objetivo é conectar a empresa, equipes e seus objetivos pessoais em prol da realização de resultados mensuráveis, fazendo as pessoas se moverem juntas na direção certa.

São passos importantes antes da definição dos objetivos:

1.  Fazer uma avaliação do que aconteceu no ano anterior e os resultados alcançados.

2.  Solicitar a clientes e ex-clientes que lhe respondam a 3 perguntinhas: Antes de você contratar o meu serviço ou comprar o meu produto, que problema você tinha? Quais as dificuldades que tinha para solucionar esse problema? Em que nossos serviços/produtos lhe auxiliaram?

3.  Solicitar de colaboradores, parceiros e até fornecedores sugestões de melhoria.

4.  Elencar todas as questões, qualificar por área de atuação e definir o que será prioritário.

5.  Agora, defina os principais objetivos que serão alvo da metodologia OKR.

Diante desses resultados, você vai seguir as seguintes dicas:

1.  Treine a equipe acerca da metodologia OKR. Explique o que é e para que serve e mostre que todos terão responsabilidades a cumprir dentro de suas expertises.

2.  Foque no que é fundamental. Ao iniciar muitas tarefas em paralelo, sem finalizá-las, se gasta tempo e energia.

3.  Os KR´s ou Resultados-chave, devem ser métricas e não tarefas. As tarefas são somente uma hipótese e poderão sofrer alterações, desde que haja foco no resultado e não nas atividades meio.

4.  Defina OKRs anuais Top Down ou alto nível (São decisões dadas de “cima para baixo”).

5.  Defina OKRs trimestrais Bottom UP (de preferência só do primeiro trimestre), ou seja, abra espaço para a participação dos demais colaboradores nas tomadas de decisão. Isso os estimularão a serem protagonista, com responsabilidade, motivando-os. Mas cuidado! Será importante que haja um bom nível de maturidade da equipe e conhecimento em gestão e entendimento estratégico sobre os propósitos do seu negócio.

6.  Crie um ambiente para que todos acessem, tanto o que foi planejado, quanto as responsabilidades atribuídas.

7.  Elabore um calendário de acompanhamento onde os responsáveis terão a oportunidade de mostrar seus resultados e ajustarem os próximos passos.

Como sempre, procuro deixar bem claro e de forma didática o que você poderá fazer para implementar as dicas de gestão, liderança e empreendedorismo que escrevo aqui. Avalie o que mais importa e foque nos resultados!

Por fim, te desejo sucesso, porque sorte está ligada ao acaso e o sucesso, ao seu esforço.


Autoria
  • Email

Maurício Guimarães

Maurício Guimarães

Master Coach e Consultor em gestão empresarial com vasta experiência em corporações de diversos portes. Possui formações acadêmicas e em Coaching que lhe dão autoridade no assunto. Professor de vários MBA´s em gestão empresarial e pessoas, atua também como palestrante e treinador comportamental de líderes e equipes.