Linguagem

Mente Sã Ver mais

Reflexões humanas

A Lei do Conjunto

Foto: Internet
A recente tragédia que culminou com a morte de mais de setenta pessoas, incluindo pessoal da Chapecoense e jornalistas, chocou a todos nós. Foi um acontecimento de grandes proporções, que deixou rastros de dor e lágrimas por todo o mundo. Dentre várias outras reflexões, algumas nos chamaram a atenção. 

Começo pelo fato de que, na última partida que culminou com a classificação da equipe catarinense, seu goleiro, morto no acidente, fez uma defesa considerada milagrosa. Isso nos últimos instantes da peleja. Há de se meditar  que, caso não tivesse ocorrido a defesa, o time não teria se classificado e portanto não teria feito a tal viagem. 

Outros fatos nos levam a considerar são aqueles em que pessoas que estavam inscritas para a viagem  não a fizeram por vários motivos. Cito, a respeito, dois exemplos: um em que o prefeito de Chapecó não embarcou devido a uma reunião de prefeitos; outro em que o filho do treinador Caio Júnior perdeu o voo devido ao esquecimento de seu passaporte. 

Acrescente-se ainda o fato de que alguns escaparam com vida do acidente. Eis a grande questão: porque isto aconteceu? São mistérios do plano de Deus que nós, aqui de baixo, não entendemos. Algumas pessoas até aceitam o fato, se curvam aos desígnios divinos, mas não o compreende. 

Por algum motivo o Criador permitiu que alguns passassem para outro plano da existência, enquanto outros ficassem para cumprir determinada missão. O fato de que alguns não integraram o grupo dos falecidos se explica pela Lei do Conjunto, que é uma das Leis Universais. Aquele conjunto de pessoas estava, por algum motivo, no plano de Deus para irem para outra dimensão. 

Os que ficaram não estavam incluídos naquele conjunto, portanto foram poupados desse acontecimento trágico. Um grande mistério encerra nossas vidas. Sabemos todos que vamos para outra fase da existência, mas desconhecemos o quando e o como. Acontecimentos como esse nos faz repensar nosso existir. Temos sim que avaliar e redirecionar nossa vida, reavaliar os valores e viver cada dia como se fosse o último. A começar pelo cultivo do  amor a Deus e a tudo e todos que nos cercam.

Autoria
  • Email

Geraldo R.R. Costa

Geraldo R.R. Costa

Geraldo R.R. Costa é mineiro e mora em João Pessoa. Bacharel em Direito, é coronel reformado da Polícia Militar de Minas Gerais. Pertence à Fundação Logosófica - em Prol da Superação Humana - desde 1988. É vice-presidente da Associação dos Ostomizados da Paraíba. Escreveu vários artigos para o jornal A União e para o jornal da Associação dos Ostomizados do Estado de São Paulo, de circulação nacional.