Linguagem

Mente Sã Ver mais

Reflexões humanas

UM INIMIGO CHAMADO PREGUIÇA

Foto: Internet
Por certo, a preguiça é uma grande inimiga do ser humano. Um inimigo implacável que esta sempre à espreita. Quantos fracassos, quantas oportunidades deixamos de aproveitar por conta da preguiça. O deixar para depois sempre traz suas consequências, pois os objetivos vão sendo adiados e, na maioria das vezes, deixam de ser conquistados. Acredito que, se fizermos uma retrospectiva de nossa vida, veremos o quanto esta deficiência nos causou aborrecimentos desde a infância, quando nossos pais bronqueavam conosco.

Em muitos casos, a natureza exerce uma forte atração que puxa as pessoas para baixo. “Isso se deve à materialidade que caracteriza a essência terrena e que afasta o homem do desejo de se esforçar para se elevar.” ( Moshe Chaim Luzatto, em O Caminho dos Justos).

Esse desânimo leva o preguiçoso a uma situação cada vez pior. Começa desde a infância quando não quer guardar seus brinquedos, depois a não querer ajudar nas tarefas domésticas, passa pelo abandono nos estudos e caminha pela crescente negligência de suas outras obrigações. Os reflexos negativos na fase adulta  são então imponderáveis. Normalmente ele tem consciência da negligência do seu dever, mas se deixa entregar pela força que a preguiça exerce sobre ele.

O remédio para isso se chama decisão. O ser deve reunir forças para vencer esse mal. Uma ferramenta importante é a presteza. Tudo aquilo que deve ser feito, deve ser prontamente executado e ele verá que sempre sobrará tempo para outras tarefas. Deve reunir forças para enfrentar sua própria natureza e ser zeloso para seu objetivo. Não há jeito dessa semente não oferecer seus frutos, pois terá vencido talvez o maior obstáculo para a conquista do sucesso. Respire fundo e vá , pois, em frente.

Para quem segue os ensinamentos bíblicos, encerro com uma citação contida em Provérbios 6:10: “ Dormes um pouco, outro pouco cochilas, um pouco cruzas os braços para dormires e a indigência virá a ti como um andarilho e a miséria como um assaltante armado.”


Autoria
  • Email

Geraldo R.R. Costa

Geraldo R.R. Costa

Geraldo R.R. Costa é mineiro e mora em João Pessoa. Bacharel em Direito, é coronel reformado da Polícia Militar de Minas Gerais. Pertence à Fundação Logosófica - em Prol da Superação Humana - desde 1988. É vice-presidente da Associação dos Ostomizados da Paraíba. Escreveu vários artigos para o jornal A União e para o jornal da Associação dos Ostomizados do Estado de São Paulo, de circulação nacional.