Linguagem

Minha carreira Ver mais

Gestão profissional e liderança

É hora de mudar a minha carreira profissional?

Foto: Divulgação
Resolvi compartilhar um trecho do livro que sou coautor (Coaching e Capital Humano, IBC, 2015) onde escrevi sobre os desafios da mudança de carreira. Percebo que muitas pessoas estão se perguntando se estão no lugar certo. 

Mudar para quê, se tenho um emprego estável o qual me dá o sustento?

Muitos profissionais se perguntam ou são indagados sobre a possibilidade de alterarem o rumo de sua carreira. De fato, para muitos a resposta vem rápido: - “Nem pensar! - Estou confortável onde me encontro.” Para outros, gera a possibilidade ou fortalece a intensão de criarem novas possibilidades de carreira e de realização pessoal. E quando há real interesse em mudar?

A mudança não é simples e exige muito esforço e planejamento. O investimento em estudos e novos conhecimentos será determinante para que se tenha êxito na transição e no próximo desafio profissional. Segundo o portal Exame, existem alguns fatores que devem ser observados: “Verificar o estado atual e acreditar na possibilidade de mudança e no sonho. Perceber que vale a pena”;

Existe um grande risco na mudança, que é não conhecer seu processo. Quanto mais você se conhece, maior o seu grau de certeza. Se sentindo capaz a possibilidade de realização do sonho se concretizará;

Quando se vivencia o sonho fica mais próximo dele e isto favorece e motiva, dando um contorno mais real. Procurar conhecer pessoas e visitar ambientes afins é um passo fundamental que poderá ajudar no processo.

A importância do planejamento

Inicialmente, identifique se o desconforto no seu trabalho atual é por conta dos colegas, chefe ou diretrizes da empresa, ou porque a atividade já não faz mais sentido para você. 

Para começar uma nova carreira representa mudar de um patamar de renda que já está estável. Pode resultar em ficar sem renda por algum tempo, com despesas extras, inclusive, para desenvolver o novo projeto. Para minimizar os riscos nesta mudança, pode-se dar início à nova carreira em paralelo à atual. Enquanto o profissional permanece na caminhada rumo ao conhecimento necessário em busca de seu objetivo, através de capacitações, por exemplo, o mais prudente é manter-se no emprego atual, mesmo que seja difícil.

Há que se criar um cronograma, com prazos e objetivos bem definidos para cada etapa. Pesquise a nova área, faça contato com profissionais que já atuam nela, veja as possibilidades desta nova carreira, observe como os conhecimentos que você detém podem ser aproveitados. Não deixe de buscar autoconhecimento, pois é por meio dele que você poderá identificar melhor suas competências, propósitos de vida, crenças limitadoras e compará-los diretamente com o que virá pela frente.

Não deixe de intensificar a relação com sua rede de contatos e até expandir através dos diversos canais digitais de hoje, como Facebook, Instagram, Whatsapp, LinkedIn etc. As pessoas precisam saber sobre o que você está pretendendo, seus novos desafios e, certamente, essa ação será determinante para seu sucesso.

Posso te ajudar indicando a ferramenta mais utilizada atualmente para elaboração rápida e simples de novos projetos, o CANVAS, disponível em http://www.web2canvas.x4start.com

Te desejo SUCESSO, porque ‘BOA SORTE’ é desejar a você que as coisas caiam do céu.


Autoria
  • Email

Maurício Guimarães

Maurício Guimarães

Empresário e Consultor organizacional com vasta experiência em grandes corporaçõess. Possui diversas formações acadêmicas e em Coaching. Professor de vários MBA´s em gestão empresarial e pessoas, atuando também como palestrante e treinador comportamental de líderes e equipes.