Linguagem

Turismo Ver mais

Equipamentos, produtos e roteiros

Zé Lins, turismo e auto estima

Foto: Divulgação/Rosa Aguiar
O Sebrae promoveu uma visita técnica para jornalistas de turismo e guias à um novo roteiro que está sendo preparado: Um dia em Pilar nas Aventuras de Zé Lins do Rêgo. A ideia é formatar uma nova rota turística nos oito municípios citados pelo renomado escritor em suas obras. E Pilar será o início, como berço de José Lins. Visitamos a Fundação Menino de Engenho, que funciona no histórico prédio que foi Câmara e Cadeia. O menino Zé Lins conversava com os presos através das grades da cadeia, e, de um deles, ganhou um passarinho chamado Marechal. A prisão fica bem em frente à Casa de Tia Naninha, que Zé Lins frequentava. 


Foto: Divulgação/Rosa Aguiar
O roteiro incluiu visita à Praça José Lins do Rêgo, onde está um busto do autor, e que foi inaugurado pelo próprio, na companhia de ninguém menos que Raquel de Queiroz, Gilberto Freire e José Américo. No passeio a pé, pois tudo é bem perto, fomos ao Sobrado de Quincas Napoleão, atacado pelo cangaceiro Antônio Silvino - a Casa dos Jesuítas, bela em sua arquitetura de 1745, e a Igreja Matriz Dell Pilar. 


Foto: Divulgação/Rosa Aguiar
Na pausa para o almoço, um momento de relaxamento debaixo de um pé de manga no Casarão dos Lins, pertencente aos parentes de Zé Lins. Foi servido suco de tamarindo...há quanto tempo! Comidas regionais como galinha de capoeira, vaca atolada, buchada, doces de frutas caseiro,  ao som de um legítimo côco de roda e apresentações de xaxado.


Foto: Divulgação/Rosa Aguiar
Mas o ponto alto da visita técnica foi a chegada ao Engenho Corredor. Visitei o engenho quando estava em ruínas, e não entendo como passou tanto tempo assim. Louvo a iniciativa dos proprietários em restaurá-lo e abrir para visitação. Construído pelo avô de Zé Lins no século XIX, o lugar é um testemunho da história do Brasil, do nordeste e da Paraíba. Foi lá que nasceu o grande escritor e foi o engenho fonte de inspiração para o autor de Menino de Engenho e Doidinho.


Foto: Divulgação/Rosa Aguiar
Esse roteiro ainda está sendo aperfeiçoado e, na minha análise técnica, indiquei algumas lacunas observadas na viagem. Os condutores locais precisam explorar mais a grandeza do escritor para valorizarem a visita aos lugares de sua infância, imortalizados na sua obra. Mas começar é preciso, então, ponto para o Sebrae, para a consultora Fernanda Melo  e todos envolvidos no projeto. Vamos conhecer mais a nossa história para reproduzi-la e amá-la. Agendamento de visitas Engenho Corredor (83) 98787 - 9705 e 9 8797 - 9705 Email: corredorengenho@gmail.com

Autoria
  • Email

Rosa Aguiar

Rosa Aguiar

Rosa Aguiar é jornalista, especialista em Redação Jornalística, mestre em Jornalismo Profissional pela UFPB e ex-secretária da Associação dos Jornalistas de Turismo (Abrajet) . Não vive sem viajar e escreve sobre turismo há mais de dez anos, defendendo os valores paraibanos, nossas belezas e potencial