Linguagem
Nildo Lacerda

"Criarmos mecanismos para deixar de lado a política e trabalharmos o turismo como desenvolvimento econômico, é um dos meus principais focos"

Secretário de Turismo do Conde pontua desafios e ressalta cultura do Município

Foto: divulgação
O Conde, um dos destinos mais frequentes do verão paraibano, localizado no litoral sul do estado, se destaca por suas praias belíssimas, entre elas Coqueirinho e Tambaba. Possui três quilombos e dois aldeias indígenas, sendo a única cidade da Paraíba a possuir tais riquezas culturais. O Secretário de Turismo do Conde, Nildo Lacerda fala sobre  planejamentos e expectativas presentes no cargo, os principais desafios, a cultura local e o Projeto Verão Mares de Conde. Nildo assume o compromisso de colaborar com os grandes e pequenos  empresários com igual atenção.

Confira a entrevista abaixo: 

Quais planejamentos o senhor tem feito para a secretaria que acaba de assumir? 

Acabei por assumir o cargo justamente no momento de maior relevância do trabalho da Secretaria, que é o Período de Verão e Carnaval. O Conde tem um calendário importantíssimo no Estado nesse período. Somos destino certo dos turistas que visitam a Paraíba e todo o planejamento feito durante o ano de 2019, será executado. O Projeto Verão Mares de Conde contará com eventos e atrações de janeiro a fevereiro e os últimos ajustes estão sendo feitos para garantirmos um calendário amplo e bastante diverso!

A cultura nordestina é conhecida por ser muito rica e diversificada. De que forma o senhor pretende auxiliar a produção cultural do Conde?

O Conde é um berço imenso de Cultura. A prefeita Márcia Lucena tem uma atenção e uma preocupação especial com esse segmento. Somos o único Município do Estado que temos três quilombos e duas aldeias Indígenas (Tribo Tabajara). Isso não se vê em qualquer lugar! E tem sido com esse povo tão importante, que a gestão tem feito diversas ações e eventos, que desenvolvem, capacitam e estimulam ainda mais os povos tradicionais. Iremos, sem dúvida, dar continuidade e fortalecer ainda mais.

Quais os principais desafios que o senhor  vê como secretário?

Os desafios são inúmeros. Sem dúvidas, a união de todas as categorias do trade local é uma ação de fundamental importância. Criarmos mecanismos para deixar de lado a política e trabalharmos o turismo como desenvolvimento econômico, é um dos meus principais focos.

A pasta do turismo engloba mais de 50 setores da economia e é a grande fonte de renda do Conde. O que representa para o senhor estar a frente?

Representa a transformação das vidas de centenas de pessoas que compõem o Trade local. Iremos trabalhar junto com o empresariado mais rico da mesma forma que trabalharemos junto com os empreendedores informais mais humildes nosso papel é desenvolver a cadeia inteira e iremos fazê-lo!

Quais as suas expectativas para essa secretaria?
Anseio muito, por criar mecanismos de geração de renda. Acredito fortemente que o Turismo de Conde tem tudo para ser nossa maior força motriz em matéria de desenvolvimento econômico. Essa foi a perspectiva que coloquei para a prefeita Márcia. Irei me empenhar muito para qualificar essa força e torná-la ainda mais atrativa e pujante.


Redação Paraiba Total



Outras Entrevistas