Linguagem
Alexandre Taleb

“O público masculino está cada vez mais com a cabeça aberta e buscando a assessoria por desejar uma presença elegante e imagem imponente”

Consultor de imagem masculina, palestrante e personal shopper dá dicas para homens contemporâneos

Internacionalmente  conhecido por sua carreira como consultor de imagem masculina, Alexandre Taleb é um dos nomes-referência quando o assunto é elegância. A relação do especialista com a moda e o estilo surgiu na infância, quando acompanhava o pai na loja de tecidos da família, localizada na Rua 25 de março, em São Paulo. Durante anos, Alexandre administrou os negócios da família, trabalhou com turismo e vendas, porém, sua paixão pela moda fez com que buscasse uma formação profissional em consultoria de imagem. 

Nesta área, assina celebridades como o jogador Kaká e Roberto Justus, já foi professor nas maiores faculdades do Brasil, FAAP, Belas Artes, Centro Europeu, é palestrante e personal shopper. Além disso, já esteve à frente de quadros de moda e estilo no programa Okay Pessoal, no SBT, e no programa “Hora do Faro”, na Rede Record. É autor do indispensável Imagem Masculina", livro atemporal sobre o assunto. 

Em entrevista exclusiva para o Paraíba Total, durante um curso ministrado em João Pessoa, o consultor fala sobre o estilo do homem brasileiro contemporâneo, aponta erros que podem ser determinantes na formação de uma boa imagem, dá dicas e fala sobre a importância de estar bem vestido na hora de fechar novos negócios.

O brasileiro costuma ser elegante, de um modo geral? Onde os homens daqui mais pecam na hora de se vestir?

O brasileiro está aprendendo a ser elegante por que hoje ele tem muita informação em sites, revistas, na rua e em viagens, por exemplo. Hoje é possível ter acesso a conteúdos exclusivos. O homem brasileiro é tradicional, conservador e, por esse motivo, tem medo de ousar e acaba usando as mesmas peças - calça preta, terno preto e acaba não tendo o que vestir.

Na minha opinião, o principal pecado na hora de montar os looks vem da falta de informação, fazendo com que qualquer peça seja colocada no look. Onde ele mais peca é em acreditar que só existe calça preta, terno e costume preto. Então ele sai de manhã com terno preto, produzido muitas vezes com tecido sintético, de qualidade inferior, daqueles que se suar fica com mal cheiro. Enfim, considero que o brasileiro peca por não saber o que usar em cada ocasião.


Na sua experiência, o que leva os homens a buscarem uma assessoria de imagem? 

O homem costuma buscar uma assessoria por motivos diferentes dos das mulheres, ele decide por esse serviço por querer sucesso no trabalho, só que ele não sabe como. Hoje, com mais informações, ele sabe que se tiver uma imagem melhor, vai ter sucesso. Então, atualmente, eles estão pedindo uma imagem melhor, uma roupa imponente, sapato elegante, a cor correta da meia, a presença ou não do relógio, o corte de cabelo, lavar o rosto ou não, tipo de desodorante,  informações que antes eles não tinham mas hoje eles buscam saber. Isso é o mais pedido atualmente: a roupa ideal para um homem de sucesso. Hoje em dia muita gente tem se vestindo bem, os homens estão com a cabeça mais aberta, eles entenderam que o homem de sucesso precisa de uma imagem que conduz esse sucesso. Eu sempre falo que em menos de um segundo de interação, quando você conhece uma pessoa, você passa uma imagem, seja ela negativa ou positiva, se você tiver uma boa imagem por suas roupas, as pessoas sempre vão lembrar bem de você. Se você tiver uma imagem negativa, de recusa, provavelmente não terá uma segunda chance, para mostrar uma boa imagem e as pessoas lembrarão sempre de você negativamente.


Qual a peça que você mais abomina no vestuário masculino? E qual é a “peça chave” que todo homem deve ter?

O que eu mais abomino na construção da imagem masculina é a peruca, é bem melhor um homem careca, do que uma peruca feia, que todo mundo sabe que é peruca. E não só nos negócios, mas na hora do flerte, ele também perde muitos pontos, porque a peruca pode cair, ficar torta. A peça fundamental é um blazer azul marinho bem cortado, todo homem deve ter.


Qual é sua "dica de ouro" para o homem que está entrando no mercado de trabalho e se preocupa com sua imagem pessoal? 

O acessório mais importante do homem é o sapato, essa é uma “dica de ouro”. O homem que usa um bom sapato, um sapato caro, em ordem, arrumado, que não esteja com o couro quebrado ou solado estourando. O homem é visto pelos pés, então o sapato tem que estar impecável. Se o trabalho dele pede um sapato social que seja um sem erros, caso seja um tênis, que seja um tênis impecável, caso seja um chinelo, que seja impecável. Os calçados sempre tem que estar em boas condições, pois são a porta de entrada do homem, a primeira coisa a ser vista, um sapato imponente é algo essencial. Lembrando que sapatos com bico quadrado não são mais usuais, o bonito e elegante, são bicos arredondados.


Você se inspira em alguém para se vestir? Quem é uma pessoa altamente elegante na sua opinião?

É incrível, mas eu não me inspiro em ninguém para me vestir. Eu tenho meu estilo próprio, gosto de me vestir de modo que sei que fica bom para mim e não imito ninguém. Tanto que eu nem costumo ver rede social dos outros, porque além de não ter tempo, eu não gosto.Uma pessoa que eu acho extremamente elegante é o Roberto Justus, nem todas as roupas que ele usa, eu usaria, mas não posso negar que ele é muito chique.



Redação Paraíba Total



Outras Entrevistas