Linguagem
Paralisação

Motoristas de ônibus de João Pessoa ameaçam entrar em greve

A categoria reivindica aumento de 14% e tíquete alimentação de R$ 500,00

Foto: Internet
Os motoristas e cobradores dos ônibus coletivos de João Pessoa e Região Metropolitana aprovaram nessa quarta-feira (02) o indicativo de greve para o transporte publico da capital e da grande João Pessoa a partir da próxima segunda-feira (07). A decisão será tomada durante assembléia da categoria que será realizada às 18h na sede do Sindicato dos Rodoviários.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários da Paraíba, Antônio de Pádua, destacou que os trabalhadores já vêm tentando a negociação há mais de um mês com o intuito de evitar a paralisação do sistema  “Protocolamos nossa proposta de negociação junto ao Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbanos de João Pessoa. Fizemos tudo antecipadamente para evitar transtornos, mas os empresários não apresentaram nenhuma proposta salarial”, informou o presidente.

Segundo o Sindicato, os motoristas recebem um salário de R$ 1.855,00, o maior da região Nordeste. "Temos que manter essa conquista, o desinteresse dos empresários deixa a categoria decepcionada e disposta a lutar por seus direitos", destacou Pádua. 

A categoria reivindica um aumento salarial de 14%, além de tíquete alimentação para todos os trabalhadores no valor de R$ 500,00, e a gratuidade no plano de saúde. Outro ponto presente nas reivindicações é manter as cláusulas conquistadas nos dissídios anteriores a exemplo: do seguro de vida.

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbanos do Município de João Pessoa (SINTUR/JP) disse que ainda não foi comunicado oficialmente sobre a assembleia dos motoristas.



Jornal da Paraíba