Linguagem
Em Campina Grande

Romero Rodrigues toma posse e garante enfrentar crise com um conjunto de obras

Gestor quer dar continuidade ao ritmo de trabalho e zelo pelo dinheiro público

Foto: Divulgação
Em Campina Grande, o prefeito reeleito, Romero Rodrigues, e o vice-prefeito eleito, Enivaldo Ribeiro, foram empossados também nesse domingo, 1º de janeiro, para o quadriênio 2017-2020. Romero e Enivaldo foram eleitos em outubro, quando a candidatura majoritária da Coligação “Por Amor a Campina” recebeu 138.996 votos.

A sessão solene, de responsabilidade da Câmara de Vereadores, aconteceu no Teatro Municipal Severino Cabral, sob a presidência da vereadora Ivonete Ludgério, que assumiu o comando da Casa de Félix Araújo também na tarde deste domingo.

O prefeito reeleito lamentou a crise econômica nacional que tem atingido estados e municípios, sobretudo nos últimos dois anos. Por isso, neste novo mandato, a intenção do gestor é dar continuidade ao acelerado ritmo de trabalho e zelo pelo dinheiro público, características da administração que têm propiciado o desenvolvimento da cidade em todas as áreas.

Segundo Romero, a cidade não terá a mera continuação de uma gestão. Isso porque, a partir deste domingo, o pensamento é estabelecer um governo com novas metas, como o crescimento econômico e mais avanços em setores como saúde e educação. “Queremos enfrentar a crise com um vasto conjunto de obras e ações em favor de todos os campinenses”, garantiu.

Neste contexto, em seu discurso de posse, ele anunciou a entrega total do Complexo Aluízio Campos; a implantação da escola de ensino integral bilíngue, no bairro do Pedregal; construção da Cidade do Servidor; instalação de um novo Hospital da Criança; a modernização tecnológica da máquina administrativa, entre outras várias iniciativas.

Romero pretende também, ao longo da gestão, pavimentar mais de 400 ruas, melhorando as condições de infraestrutura e de mobilidade urbana da cidade. Ele garantiu, ainda, a geração de empregos e a melhoria da economia local mediante a implantação do polo industrial do Complexo Aluízio Campos. “Ali teremos um polo de modas, com empresas das áreas de confecções, artesanato, calçados e outros setores fundamentais para fortalecer a nossa economia”, garantiu.

Romero Rodrigues ainda anunciou, em seu pronunciamento, a compra de novos equipamentos e estruturas em favor da educação municipal, a exemplo da Escola do Sesi (na Liberdade); Escola Cenecista do Distrito de Galante; cinco novos ônibus escolares; além da compra do Clube dos Caçadores, onde funcionarão equipamentos educacionais e um zoológico municipal.

“O desafio é gigantesco. Esta não será a mera continuação do nosso governo, mas uma nova gestão para o povo campinense. Quero, então, que o novo governo seja melhor que o primeiro, apesar do orçamento de 2017 ser equivalente ou menor que o de 2013. Por isso, vai predominar a eficiência e faremos mais com uma menor soma de recursos”, disse.

Solenidade - A sessão especial começou no final da tarde deste domingo, dia 1º. de janeiro. Sob a presidência da vereadora Ivonete Ludgério foi realizada, inicialmente, a composição da mesa de autoridades. Em seguida, a cantora Kátia Virginia cantou os hinos nacional e de Campina Grande. Depois veio o juramento dos empossados e assinatura do livro de posse.




Codecom-CG