Linguagem
Recuo

Varejo abre 2017 em queda, aponta Serasa Experian

Desemprego e necessidade de quitação de dívidas por parte do consumidor mantiveram consumo enfraquecido

Foto: Nicolau de Castro
De acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, o movimento dos consumidores nas lojas de todo o país caiu 2,1% em janeiro/17, já efetuados os devidos ajustes sazonais. Em relação ao mesmo mês do ano passado (jan/16), o recuo da atividade varejista no primeiro mês de 2017 foi de 4,2%.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, desemprego em alta e a necessidade de quitação de dívidas por parte do consumidor, objetivando sair da inadimplência, manteve o consumo enfraquecido neste primeiro mês de 2017.

A maior queda dentre os segmentos varejistas em janeiro/17 foi nas lojas de material de construção, com recuo de 3,6%. No segmento de veículos, motos e peças a retração foi de 2,4%, bastante semelhante ao recuo de 2,2% observado no setor de móveis, eletroeletrônicos e informática. Também houve retração de 1,6% em janeiro/17 tanto no segmento de combustíveis e lubrificantes como no de tecidos, vestuário, calçados e acessórios. Somente houve variação positiva em janeiro/17 nos supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas: alta de 0,8%.




Assessoria