Linguagem
TV Manaíra

Saber controlar bem seus gastos nas férias é destaque no Paraíba S.A. 

Programa ainda revelou a importância de ações preventivas de saúde no ambiente de trabalho

Foto: Divulgação
Saber organizar-se bem financeiramente, para garantir as tão sonhadas férias anuais, foi o assunto abordado por especialistas durante o Paraíba S.A. O programa, que vai ao ar todos os sábados às 18h50, na TV Manaíra, afiliada da Band no Estado, revelou na sua edição do último 08 deste mês de abril, como aproveitar ao máximo o recesso de trabalho sem contrair dívidas eternas. 

E para comentar o assunto em destaque, foram os convidados da jornalista e apresentadora do programa, Andréia Barros, o economista Cláudio Rocha e Pedro Meira, diretor financeiro da Associação Brasileira das Agências de Viagens  na Paraíba (Abav-PB). Para eles nada mais natural que se planejar financeiramente para garantir sucesso em seus projetos de férias, seja individual ou coletivo. Eles também recomendaram em destinar apenas 30% do valor do seu orçamento mensal em despesas nesse período e em dívidas parceladas.

“Para se obter controle e êxito em qualquer que seja uma ação é preciso primeiramente mensurar qual é o seu objetivo maior. E isso deve ser feito com bastante antecedência, para contornar qualquer percalço que possa surgir de rumo”, disse Cláudio. Pedro Meira afirmou que mesmo com a oscilação do dólar ainda é crescente a busca por viagens internacionais aqui na Paraíba.“E isso vem sendo garantido graças ao poder de antecipação, onde o paraibano pode se organizar e ir pagando com antecedência, às agências, e de forma parcelada em até 12 meses sem juros a viagem dos sonhos”, revelou ele.

Por meio de reportagem, também foi mostrado exemplos de paraibanos que seguiram essas dicas e obtiveram sucesso em seus destinos internacionais explorados. Hoje os gastos dos brasileiros com viagem internacionais já somam 1,33 bilhão em fevereiro deste ano, um crescimento de 62% em comparado ao mesmo período de 2016.

Ainda nessa edição, o programa Paraíba S.A. revelou as principais doenças ocupacionais, que podem prejudicar tanto o desempenho profissional, quanto o bem-estar do trabalhador. Um estudo do Ministério do Trabalho apontou que no ano passado houve um afastamento de mais 200 mil trabalhadores afastados por causas médicas, motivadas por razões diversas em ambientes de trabalho. Uma reportagem mostrou que ações preventivas, como ginástica laboral, que evitam ou pelo menos amenizam as doenças ocupacionais dos colaboradores.

Para rever o programa completo, que tem apoio do portal de notícias www.paraibatotal.com.br e da Integrativa, veja o link abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=JxZwZRhCmxY&index=57&list=PLZ92muw5nYzFj-5DiwIKMVbEpFsbWIVhV



Redação Paraíba Total