Linguagem
Tributos

Impostos representam até 94% no preço de presentes para Dia dos Pais

Entre os itens analisados, o campeão da lista é o uísque (94,25%)

Foto: Internet
A carga tributária nos presentes mais comuns comprados para o Dia dos Pais pode representar até 94% do seu preço, segundo pesquisa da consultoria BDO. Entre os itens analisados, o campeão da lista é o uísque (94,25%), seguido por caixa de charutos (64,25%), garrafa de vinho (54,25%). Por outro lado, possuem carga tributária menor, por exemplo, mala de viagem (37,25%), camisa social (27,25%) e tênis (27,25%).

O Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) também fez uma pesquisa e, de acordo com os itens analisados, aponta que o perfume importado é o que apresenta a maior carga tributária embutida no preço do produto, com 78,43%, enquanto o nacional conta com 69,13% de tributos.

O presidente-executivo do IBPT, João Eloi Olenike, explica que a maioria dos principais presentes para o Dia dos Pais é de itens industrializados que têm incidência de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e, no caso dos importados, do Imposto de Importação.

Veja a lista de presentes e sua carga tributária:

Água de colônia (nacional): 50,38%

Almoço em restaurante: 32,31%

Aparelho MP3 ou iPod: 49,45%

Barbeador elétrico: 48,11%

Bolsa de couro: 41,52%

Flores: 17,71%

Cachecol: 34,13%

Calça jeans: 38,53%

Câmera fotográfica: 44,75%

Cartão de Dia dos Pais: 37,48%

Computador acima de R$ 3.000,00: 33,62%

Computador até R$ 3.000,00: 24,30%

Gravata: 35,48%

Ingressos: 40,85%

Óculos de sol: 44,18%

Perfume importado: 78,43%

Perfume nacional: 69,13%

Serviço de TV por assinatura: 46,12%

Telefone celular: 33,08%

Televisor: 44,94%

Fonte: IBPT



New Trade