Linguagem
Destaque

Turismo de experiência na Paraíba torna-se inspiração para outros estados

Encontro de gestores de turismo de Minas Gerais que acontece nesta quarta-feira (13)

Foto: Internet
Destaque no cenário nacional e internacional do turismo de experiência, a Paraíba vem recebendo olhares não só das agências de turismo e dos visitantes que vêm ao estado se emocionar com as experiências que podem ser vividas em seu território, mas, também, tem atraído a atenção de outros estados que veem, na Paraíba, uma fonte de inspiração. Por isso, a gestora de turismo do Sebrae PB, Regina Amorim, irá palestrar sobre “Caso: Paraíba – turismo de experiência como foco, dentro da programação do painel “Desenvolvimento do turismo em rede: experiências que mudaram o contexto turístico local”, no Encontro de gestores municipais de turismo de Minas Gerais que acontece nesta quarta-feira (13).

Atualmente, o turismo de experiência na Paraíba compreende mais de 150 atividades criativas com foco na produção associada ao turismo, na economia criativa e na economia da experiência. São 19 municípios distribuídos entre o brejo, cariri, litoral sul e litoral norte que trazem produtos inovadores, transformando a economia local, como é o caso, por exemplo, do Lajedo do Marinho, localizado no distrito de Boqueirão, distante 45 km de Campina Grande. Lá, o turista pode assistir ao por do sol, fazer trilhas e conhecer o trabalho das Crocheteiras do Marinho, mulheres da comunidade que se reúnem para fazer belas peças de crochê.

De acordo com a gestora do Sebrae, Regina Amorim, cada atividade dessas gera, pelo menos, três empregos diretos, o que faz com que as economias se desenvolvam de maneira sustentável. A sustentabilidade, inclusive, é um dos pilares desse tipo de experiência: tanto a sustentabilidade ambiental como a sustentabilidade econômica. “Nossa experiência também passa por aí: mostrar os exemplos que nós temos aqui na Paraíba de desenvolvimento sustentável dos territórios, com um alinhamento da gestão pública e da gestão da iniciativa privada em busca do crescimento local das regiões”, afirma Regina.

Turismo de Experiência – O turismo de experiência, de acordo com a própria gestora, é aquele em que o turista passa a ser protagonista da sua vivência, através dos saberes e fazeres do local. Ele é focado, principalmente, nas emoções e as sensações. “É sentir o gosto de uma cachaça, quando você faz a degustação em um engenho, observando todo o processo, ou assistir ao por do sol em um local em que o próprio por do sol passa a ser a atração do local, gerando oportunidade para empreendedores em potencial”, afirma.

Paraíba: 35 dias de vivências e experiências – No final de 2016, foi lançado o livro “Paraíba: 35 dias de vivências e experiências”, que apresenta roteiros turísticos inovadores baseados no conceito de turismo de experiência nas regiões do Litoral, Brejo e Cariri. Produzido pelo Sebrae Paraíba, e assinado pela gestora de Turismo Regina Amorim, a publicação traz muita coisa interessante em 170 páginas, mostrando iniciativas de turismo em 19 municípios do Estado.




Assessoria