Linguagem
No DOE

Estado publica lei que cria 300 cargos na Fundac

A remuneração prevista para o cargo é de R$ 937

Foto: Internet
A edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (11) publicou lei, de autoria do poder executivo estadual, criando 300 cargos na Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente ‘Alice de Almeida’ (FUNDAC). De acordo com a lei, foram criados 300 cargos de agente socioeducativo e mais 32 funções de confiança de supervisor de unidade de internação socioeducativas. 

A publicação pode ser conferida a partir da página 1, do DOE.

Dentre as principais atribuições do cargo de agente socioeducativo está intervir pedagogicamente, de forma direta ou indireta, nos processos socioeducativos, através do diálogo, orientações técnicas e administrativas, quando convocado. A remuneração prevista para o cargo é de R$ 937.

Já a função de confiança de supervisor de unidade de internação é privativa do ocupante do cargo de Agente Socioeducativo, com contraprestação remuneratória de R$ 300. 

A jornada do agente Socioeducativo é de 40 horas semanais, podendo ser submetido ao regime de plantão de 12 x 36 horas e revezamento no período diurno e noturno. 

No início do ano, a Fundac divulgou resultado de processo seletivo para o preenchimento de vagas no órgão.




Secom - PB