Linguagem
Dicas e Orientações

Saiba de 3 habilidades que todo profissional deve ter

Ter responsabilidade parece um clichê, mas nem todo profissional consegue administrá-la

Foto: Internet
Cultivar as habilidades certas na sua carreira pode ser a diferença entre ser promovido e perder a oportunidade de avançar profissionalmente. Dependendo da sua área de atuação algumas habilidades são mais importantes que outras.

Ao Business Insider, o consultor de carreira Jeremey Duvall explicou, no entanto, que não importa se você já tem experiência ou ainda está começando, três habilidades interpessoais vão ajudar você em qualquer etapa da sua carreira.

São elas:

1. Foco

Estar focado traz muitos benefícios. Segundo o especialista, há três razões pelas quais essa é uma habilidade valiosa e deve ser trabalhada. Primeiro, esses períodos de concentração permitem que você produza mais do que o habitual. Em segundo, a maioria das pessoas costuma focar em um trabalho mais simples, como verificação de e-mails, e procrastina tarefas difíceis, como um grande projeto – e deveria ser ao contrário. Então, focar em tarefas cruciais e com prazos deve ser prioridade. Em terceiro, ter foco nas tarefas maximiza o uso outras habilidades, porque quando você se dedica para algo com mais tempo consegue desenvolver melhor seus talentos.

Hoje em dia, com a demanda de trabalho diário, às vezes é difícil ficar duas horas sem ser interrompido. Mas identifique uma parte do seu dia em que você possa desenvolver alguma tarefa completamente focado. Procure por um intervalo de tempo em que você poderá pensar somente no trabalho.

Em seguida, configure seu ambiente para que você possa realmente se concentrar em tarefas difíceis sem tentações. Coloque seu telefone no modo avião, ouça música, desative as notificações no seu computador ou qualquer outro truque que funcione para você.

2. Ser aberto aos feedbacks

Não importa o quão bem você está em seu trabalho, se não souber ouvir as críticas sobre seu desempenho, nunca vai evoluir na carreira. Ficar na defensiva quando receber uma crítica ou rebater a pessoa sem avaliar se faz sentido não é a melhor forma de encarar um defeito ou um ponto que pode ser melhorado.

Em vez de insistir que a outra pessoa está errada, ouça atentamente e faça uma auto-análise. Às vezes, você tem um comportamento que não está adequado e não percebe. Peça mais informações sobre a crítica recebida para entender onde está errando e tente melhorar.

3. Responsabilidade

Ter responsabilidade parece um clichê, mas nem todo profissional consegue administrá-la. Uma coisa é participar com entusiasmo em um novo projeto, outra é realmente enfrentar todos os contratempos e finalizá-lo no prazo. Às vezes você assume mais responsabilidades do que pode administrar, e isso não deve ser um hábito.

É difícil saber quais tarefas irão ocupar mais nosso tempo, então achamos que teremos tempo disponível e assumimos mais coisas do que conseguimos dar conta. As pessoas subestimam a duração de  tarefas. Saiba se organizar para dar tempo de fazer tudo. Você não ganha pontos positivos por pegar muitos projetos, se não conseguir finalizá-los ou entregá-los sem qualidade.

Assuma aquilo que consegue cumprir. É melhor ter menos tarefas e entregar conforme o esperado pelo seu superior do que não terminar nenhuma. Planeje seu tempo considerando algum erro no percurso, porque nesse caso você tem uma margem de tempo para trabalhar e se organizar.




Business Insider