Linguagem
Decreto n° 37.192/2016

Distrito Turístico deve gerar mais 6 mil leitos em João Pessoa

Incremento deve aumentar em 60% o número de leitos em hotéis de João Pessoa

Foto: Internet
Depois da audiência pública do Estudo Ambiental Complementar referente à licença de instalação do Distrito Industrial do Turismo da Capital paraibana, o próximo passo será a submissão do projeto ao Conselho Estadual de Política Ambiental – Copam. De acordo com Ivan Burity, secretário executivo de Turismo e Desenvolvimento Econômico, até o final do ano a Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep) deve assumir o projeto e começar o chamamento das empresas para o empreendimento que deve aumentar em 60% o número de leitos em hotéis de João Pessoa, passando dos 10 mil atuais para 16 mil.

O decreto n° 37.192 de 2016, assinado pelo governador Ricardo Coutinho, marcou a transferência das áreas destinadas à implantação do Pólo Turístico do Cabo Branco para a Cinep, a fim de acelerar a efetivação do projeto, que foi idealizado ainda na década de 1980. O projeto prevê a instalação de hotéis e diversos serviços voltados ao segmento turístico na região onde está situado o Centro de Convenções.

A Cinep (Companhia de Desenvolvimento da Paraíba) pode oferecer linhas de crédito para as empresas que estejam interessadas em investir na área do Distrito Industrial do Turismo de João Pessoa. Já há empresas interessadas.

De acordo com Ivan Burity, a rede hoteleira de Natal (RN) conta 30 mil leitos e o grande impedimento do crescimento da rede em João Pessoa é que os empreendimentos sempre foram localizados na orla, onde inicialmente se permitia a construção de prédios com, no máximo, dois andares e depois foi alterado para quatro, o que ainda restringe a quantidade de vagas.

Para o secretário executivo de Turismo do Estado, o novo projeto para implantação de empreendimentos hoteleiros no Distrito Turístico da capital paraibana diminui a defasagem sem mexer nem na área urbana ou na orla.

Na opinião dele, esse será o grande benefício que o projeto trará para o crescimento da atividade turística, sem prejudicar o meio ambiente.



Turismo em Foco