Linguagem
Eleições

Lula e Bolsonaro seguem à frente em disputa eleitoral, aponta pesquisa CNT

Em um cenário sem a presença do petista, Bolsonaro e Marina Silva avançariam na disputa

Foto: Antonio Cruz e Valter Campanato, da Agência-Brasil
Pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira (6), mostrou que o ex-presidente Lula segue liderando as intenções de voto, mesmo com a possibilidade de ser impedido pela Justiça Eleitoral de disputar as eleições deste ano.

Na pesquisa, o petista lidera o cenário com 33,4%, seguido do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) com 16,8% e Marina Silva com 7,8%. O tucano Geraldo Alckmin teria 6,4% no cenário com Lula na disputa, seguido de Ciro Gomes (PDT) com 4,3%.

O senador Álvaro Dias (PODE) teria 3,3% e o senador Fernando Collor (PTC) teria 1,2%. O presidente Michel Temer (MDB) está nas últimas colocações, com 0,9%, seguido de Manuela D´Ávila (PCdoB) com 0,7% e Rodrigo Maia (DEM) com 0,6%.

Sem Lula, Bolsonaro lidera todos os cenários pesquisados. O deputado aparece na pesquisa com uma média de 20% das intenções de votos em três situações, onde o PT substitui Lula pela candidatura do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, que aparece com 2,1% a 2,4% das intenções de voto dos pesquisados.

Marina é a que mais se aproxima de Bolsonaro, com 12,8%, 13,4% e 13,9% das intenções, dependendo do cenário. Sem Lula, Alckmin vai para 8,7%. Ciro fica com 8,1%; Temer, 1,3%; e Maia varia entre 0,8%.

Em um cenário sem Lula no segundo turno, Bolsonaro praticamente empata com seus adversários. Em 14 cenários avaliados, Lula teria 44,5% das intenções de voto se disputasse o segundo turno contra Alckmin, que teria 22,5%. Com Bolsonaro, Lula atingiria 44,1% das intenções de voto e o deputado chegaria a 25,8%. Sem Lula, Bolsonaro teria 26,7% contra 24,3% do tucano. Com Marina, o deputado teria 27,7% e ela teria 26,6%.



DCI