Linguagem
Balanço

BNB contrata R$ 54,5 bilhões em 20 anos de Crediamigo

Ao todo, foram contratados 33,6 milhões de empréstimos

Foto: Internet
O maior programa de microcrédito produtivo e orientado da América do Sul, o Crediamigo do Banco do Nordeste, comemora 20 anos de atuação com a marca de 5,3 milhões de clientes atendidos. Em duas décadas, foram contratados 33,6 milhões de empréstimos, que totalizaram aproximadamente R$ 54,5 bilhões concedidos.

O programa está presente na Região Nordeste, norte de Minas Gerais e do Espírito Santo e possui 471 unidades e postos de atendimento. Atualmente, o Crediamigo dispõe de 2 milhões de clientes ativos, 67% dos quais são mulheres. Por dia, o programa contrata média de 16 mil operações.

Crescimento

Em 2018, diante de um cenário econômico mais promissor, com perspectivas de aumento do emprego e renda, inflação controlada e maior expectativa de consumo, o Crediamigo planeja crescer em volume de crédito e contratar R$ 8,7 bilhões. Também deve elevar sua carteira de clientes, e ampliar a participação no mercado elegível de microfinanças na Região, estimado pelo Banco do Nordeste em 19,1 milhões de pessoas, com base em recente pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor (GEM).

Para o superintendente de Microfinança e Agricultura Familiar do Banco do Nordeste, Alex Araújo, tais objetivos baseiam-se na compreensão de que existe ainda um elevado número de empreendedores na área de atuação do Banco com potencial de serem atendidos pelo programa. “Crescer é também importante para a manutenção da liderança no segmento, que tem se tornado atrativo a novos entrantes, especialmente da iniciativa privada. Ser referência nacional significa ditar rumos, experimentar novos conceitos e estar à frente da concorrência em termos de realização de projetos inovadores”, avalia Alex.

O gestor garante que essa expansão deve caminhar em paralelo à manutenção da qualidade da carteira, mantendo o elevado padrão qualitativo de concessão e acompanhamento do crédito.

Programa

O Crediamigo oferece serviços financeiros integrados à orientação empresarial. Para operacionalizar o programa, utiliza-se metodologia de concessão do crédito baseada no aval solidário, que contribui para o fortalecimento do capital social e desenvolvimento do setor microempresarial e assegura novas oportunidades de ocupação e renda, de forma sustentável.

Os clientes são pessoas simples como vendedores ambulantes, sacoleiras, donos de mercearias e pipoqueiros, provas vivas do quanto as ações voltadas para pequenos empreendedores podem fazer a diferença na economia.

Na época do seu lançamento, o programa configurou-se como iniciativa pioneira no Brasil, pois a maioria dos microempreendedores não conseguia obter empréstimo, por não estar formalizada ou não oferecer garantias. O Crediamigo apresentou-se como opção acessível, que oferecia crédito ágil e orientado. 




Assessoria