Linguagem
Foco na Capital

Festival de Turismo de João Pessoa reúne mais de 3,5 mil profissionais do segmento e representantes de vários países

O evento JPA destaca nessa edição o crescimento de 20% dos expositores estrangeiros

Foto: Niaranjan do Ó

A Capital paraibana está no foco do turismo. Foi aberto nesta sexta-feira (19) e se estende até sábado (20), o Festival de Turismo de João Pessoa, que em sua 8° edição está recebendo cerca de 3.500 profissionais de 25 estados brasileiros, além de países como Estados Unidos, China, Chile e Argentina, para discutir perspectivas e realizar negócios entre empresas do segmento. 

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) é um dos apoiadores do Festival e também participa através da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), com a divulgação de roteiros turísticos da cidade e oferecendo capacitação para o público e agentes de viagens. São informações sobre como e onde passear pela cidade, além da apresentação dos principais cartões postais, como praias e o Centro Histórico.

Representando o prefeito Luciano Cartaxo, o secretário de Turismo de João Pessoa, Fernando Milanez, destacou ações realizadas pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) – iniciativas que vem contribuindo para tornar a cidade ainda mais atrativa para o turismo, a exemplo da revitalização do Centro Histórico, o Celeiro Espaço Criativo, AnimaCentro e o projeto Villa Sanhauá. De acordo Fernando Milanez, João Pessoa vive um grande momento no turismo e o festival afirma essa condição.

“É notável o avanço de João Pessoa no turismo nos últimos anos, fruto das intervenções realizadas pela Prefeitura. O prefeito Luciano Cartaxo tem demonstrado uma visão extraordinária quando associa o turismo com a cultura. Hoje, aqui, nesse evento de relevância internacional, estamos tendo a honra de receber o reconhecimento dos participantes, que elogiam a nossa vocação natural para o turismo e a forma como a cidade vem se desenvolvendo, com ações principalmente na área cultural”, afirmou.

Durante a cerimônia de abertura, o secretário executivo do Ministério do Turismo, Alberto Alves, elogiou a cidade de João Pessoa, pela forma com que a cidade organiza seu espaço urbano, com o olhar para o turismo e respeitando o meio ambiente. “Aqui, na orla, não tem aqueles espigões -  eles têm sua importância, claro, mas ficam em áreas mais afastadas, o que é valido para o meio ambiente. É uma cidade que você sente andando por ela uma organização muito boa e uma vocação natural para o turismo”, disse. 

O evento acontece no Centro de Convenções. O número de expositores estrangeiros subiu 35% em relação à edição passada. Soma-se a isso um crescimento de 20% de empresas do Exterior no evento do ano passado, e tem-se um crescimento acumulado de 62% na participação internacional em dois anos. Outro destaque é a presença, pela primeira vez, de compradores internacionais na feira de João Pessoa. Uma comitiva de 12 buyers da Argentina está presente para o evento.

Dos 3,5 mil profissionais do Turismo previstos para participarem da feira, cerca de 1,6 mil devem ser exclusivamente de agentes de viagens - mais que os 1,2 mil do ano passado. Já o número de expositores gira em torno de 200. 



Assessoria