Linguagem
Noite de emoções

Willis Leal é homenageado na noite de abertura do Fest Aruanda

Cerimônia lotou a sala 9 do Cinépolis Manaíra Shopping e contou com a presença de jornalistas, autoridades, convidados e um público amante do cinema

Foto: Mano de CarvalhoFoto: Mano de Carvalho
Uma noite de muitos aplausos, marcada por homenagens emocionantes. Assim foi a abertura do Fest Aruanda, maior festival de cinema da Paraíba, que aconteceu na noite dessa quinta-feira (6), e contou com a presença de autoridades, artistas, jornalistas e público em geral que adora cinema.   

O evento, apresentado pelo jornalista Jamarrí Nogueira e pela atriz Raquel Ferreira, exaltou a importância da Lei Rouanet, do governo federal, que possibilita empresas a investirem em cultural – o que foi amplamente aplaudido pelo público. Entre as presenças,  o diretor-presidente da Energisa Paraíba, Ricardo Charbel, patrocinadora máster do evento, Raimundo Barroso, chefe de gabinete da Reitoria e representante da UFPB, Gabriel Aragão, superintendente da CGU, Mauricio Burity, diretor da Funjope, Severino Queiroz, controlador geral d município de João Pessoa, Aluska Lacerda, diretora dos Meios de Comunicação da Prefeitura de João Pessoa, Bruno Soares, membro da Advocacia Geral da União, Messina Palmeira, presidente da Abrajet-PB.

Com sala lotada – com 500 assentos – a cerimônia destacou o recorte musical desta edição do Aruanda, que vai contar com trilhas como Wilson Simonal, Ary Barroso, Roberto Carlos, Rita Lee, Raul Seixas, entre outros. O público pode sentir um pouco do que será o restante do festival com vídeos de apresentação e um “cinejornal”, retratando o lançamento e os apoios. “ A abertura foi um coroamento de um esforço coletivo de muitas pessoas envolvidas na organização e as reações do público fizeram jus a solenidade”, destacou Lúcio Vilar, organizador do Fest Aruanda. 

Momento especial – Um dos momentos mais icônicos da noite foi a homenagem ao jornalista e escritor Willis Leal. Ele recebeu o troféu “Memória Viva do Cinema PB” das mãos de Marília Franco professora de Cinema da USP. “De todas, esta foi uma das homenagens mais importantes que já recebi. Estou extremamente emocionado com este reconhecimento”, emocionou-se Willis. 

A noite foi encerrada com a exibição do curta Ary Barroso – Ele era Assim, de Angela Zoé e Todas as Canções do Mundo, de Joana Mariani, que encerrou a solenidade com algumas palavras. “No momento em que mais precisamos de amor, este é um filme de amor, feito com muito amor”, ressaltou a diretora. 

Fest Aruanda - O Fest Aruanda conta com uma programação vasta até o dia 12 de dezembro, com mais de 30 filmes, todos gratuitos. O evento tem patrocínio Master do grupo Energisa, co-patrocínio do Armazém Paraíba e apoios da UFPB e da CGU. O site completo é www.festaruanda.com.br e no perfil do Instagram @festaruanda



Assessoria