Linguagem
Empreendedorismo

Paraíba tem 158,9 mil mulheres donas de negócios, aponta relatório do Sebrae

Dados também revelam que 48% das mulheres empreendedoras do estado são chefes de domicílio

Conquistar a independência financeira, ter horários mais flexíveis para conciliar trabalho e família, realizar um sonho ou por necessidade. Muitos são os motivos que tem atraído as mulheres para o universo do empreendedorismo de forma crescente nos últimos anos. Na Paraíba, embora ainda sejam minoria entre os donos de negócios, as empreendedoras têm se destacado por assumirem a posição de chefes de seus domicílios. É o que aponta um relatório especial sobre empreendedorismo feminino no Brasil produzido pela Unidade de Gestão Estratégica do Sebrae Nacional.

Conforme o relatório, que tem como base dados de 2018, 34% dos negócios paraibanos têm mulheres como donas, enquanto 66% são comandados por homens. Já em relação à posição das empreendedoras em suas famílias, os números mostram que 48% delas são chefes de domicílio, enquanto 34% são cônjuges, 13% são filhas e outros 5% disseram ocupar outras posições.

Ao todo, conforme o documento, a Paraíba tem cerca de 158,9 mil mulheres donas de negócios, sendo 19,9 mil empregadoras e outras 138,9 mil empreendedoras por conta própria. Nesse universo, a maioria, que corresponde a 30%, tem entre 35 e 45 anos de idade. Ainda conforme o relatório, outros 25% das empreendedoras tem entre 45 e 55 anos, seguidos por 17% com idade entre 25 e 35 anos, 14% na faixa entre 55 e 65 anos, 8% até 25 anos e outros 7% acima dos 65 anos. 

Quanto à escolaridade, os números indicam que 42% das empreendedoras paraibanas tem o ensino médio completo, enquanto 40% concluiu o ensino fundamental. Outros 16% tem ensino superior e 2% não possuem instrução.

“Na Paraíba, cada vez mais mulheres decidem empreender por fatores como protagonismo, autoconfiança, independência, necessidade de complementar a renda, autoconhecimento das suas potencialidades, busca por realização, entre outros motivos. Apesar disso, ainda existe muito preconceito a ser enfrentado pelas empreendedoras no mundo dos negócios, principalmente naqueles segmentos historicamente dominados por homens, mas elas estão determinadas a enfrentar todo tipo de obstáculo”, destacou a gerente de Estratégia do Sebrae Paraíba, Ivani Costa, ao comentar os dados do relatório.

Perfil dos negócios

Além dos dados que traçam um perfil sobre as empreendedoras paraibanas, o relatório especial do Sebrae também traz informações sobre os negócios dessas empresárias. Conforme os números, 79% desses negócios não possuem CNPJ, o que representa, ainda, um alto índice de informalidade.

Quando o assunto é a gestão do negócio, cerca de 84% não possuem sócios, enquanto 15% tem entre um e cinco sócios e menos de 1% tem seis ou mais. Quanto ao número de empregados, a maioria, cerca de 87%, não conta com nenhum funcionário, enquanto 11% possuem entre um e cinco empregados.

Em relação ao local de exercício da atividade do negócio, os dados do levantamento mostram que 37% o fazem em loja, escritório ou galpão, 33% em seus domicílios, 10% em local designado pelo cliente, 9% em área ou via pública, entre outras opções menos citadas.

Por fim, em relação à renda, 70% tem rendimento médio mensal de até um salário mínimo, 16% entre um e dois salários mínimos, 6% entre dois e cinco salários mínimos, 4% entre três e cinco salários, e outros 4% com rendimento médio acima de cinco salários mínimos.

“Play Mulher”

Com o propósito de homenagear e estimular empreendedoras e potenciais empresárias do Cariri paraibano, aproveitando a passagem do Dia Internacional da Mulher, a Agência Regional do Sebrae em Monteiro vai promover o workshop Play Mulher, que vai discutir o empreendedorismo e a inovação no contexto das transformações digitais.

O evento será realizado em cinco municípios da região. O primeiro vai ocorrer em São José dos Cordeiros, na tarde desta sexta-feira (8). Em seguida, no dia 15, será a vez de Monteiro, seguido dos municípios de Prata, no dia 21; Congo, no dia 22; e Zabelê, no dia 28 de março.

Durante os eventos, além da palestra sobre as transformações digitais, haverá também apresentação de cases de sucesso e espaço para troca de experiências entre as participantes. Para mais informações e inscrições, as interessadas podem entrar em contato com a agência do Sebrae em Monteiro através do telefone (83) 3351-2947.




Assessoria