Linguagem
Sustentabilidade

Vivo reduz em 36% suas emissões de CO2

Resultado foi impactado positivamente pela aquisição de energia renovável

Foto: internet

A Telefônica, com a marca Vivo no Brasil, vê na redução de emissões dos gases causadores do efeito estufa seu principal desafio relacionado aos temas ambientais para 2019. A meta está entre os objetivos globais de mudanças climáticas da Telefônica, voltados à diminuição de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE), que incluem a redução de 50% do consumo de energia por unidade de tráfego e de 30% em emissões diretas e indiretas em termos absolutos até 2020. De acordo com o Relatório de Sustentabilidade da empresa, recém-publicado, a Vivo diminuiu em 36% suas emissões absolutas diretas e indiretas e  em 47% as emissões por unidade de tráfego em 2018, indo de 13,4 para 7,1 toneladas de CO2e  . 

Ainda segundo o relatório, a empresa cumpriu 93,7% dos indicadores definidos em seu Plano de Negócios Responsáveis em 2018, com destaque para a aquisição de energia renovável, iniciativa que contribui diretamente para a redução de emissões no Brasil. Desde outubro de 2018, 100% do consumo de energia da Vivo passou a ser proveniente de fontes renováveis, a partir da contratação de energia incentivada com atributo renovável no mercado livre, além de energia gerada por pequenas centrais hidrelétricas sob contratos de geração distribuída e da aquisição de garantias de origem renovável para o restante do consumo. No acumulado de 2018, 44% da energia consumida pela Vivo foi renovável. A iniciativa influencia de modo direto na redução de emissões de CO2e, que deve ser 70% menor em 2019.

Para a diminuição das emissões diretas, a empresa mantém iniciativas como a frota sustentável, que com  a substituição de gasolina para etanol em um frota de aproximadamente 3 mil carros em São Paulo. A Vivo também implantou uma normativa para redução de emissões de gases refrigerantes usados em ar condicionados e combustíveis usados em geradores com a Instrução de Compras de Baixo Carbono, proibindo a compra de equipamentos de gases com alto potencial de aquecimento global e incentivando o uso de equipamentos elétricos mais eficientes.

Negócio responsável

Outra iniciativa está relacionada ao próprio negócio. “Ao reduzir distâncias e simplificar processos, a digitalização promovida pelos nossos serviços reduz também o impacto ambiental de nossos clientes e possibilita a eles gerarem um impulso positivo para o planeta”, revela a executiva de Sustentabilidade da Vivo, Joanes Ribas. Em 2018, os serviços da Vivo ajudaram a evitar a emissão de 120,9 mil toneladas de CO2 pelos clientes, como, por exemplo, o uso da internet para compras online ou para reuniões.

Para acompanhar as metas traçadas nos objetivos de mudanças climáticas, a Telefônica conta com Planos de Energias Renováveis e  de Eficiência Energética. A empresa monitora as emissões geradas em sua operação seguindo as diretrizes internacionais do GHG Protocol, disponibilizando essas informações na plataforma do programa brasileiro. Desde 2012, o inventário é classificado com o Selo Ouro, a melhor classificação aplicável nesta plataforma.

Telefônica Sustentável

A Vivo, marca da Telefônica no Brasil, adota um modelo de negócios sustentável, com impacto positivo para a sociedade. Sua capacidade de gerar valor socioambiental está na natureza do negócio, que oferece conexão de qualidade em todo o País. Dessa forma, a empresa leva desenvolvimento aos lugares mais remotos, conectando pessoas no mundo digital.  Ao mesmo tempo em que oferece produtos e serviços inovadores, busca estimular o consumo responsável, reduzir o impacto das operações e pautar sua atuação em sólidas práticas de governança corporativa.

A empresa é a única operadora de telecomunicações do Brasil a compor por três anos consecutivos o ranking Emerging Market 70 Ranking, da Vigeo Eiris, que aponta as 70 companhias com atuação em mercados emergentes, selecionadas pelo bom desempenho em Sustentabilidade e Governança. A companhia também está presente pelo quinto ano consecutivo no ISE - Índice de Sustentabilidade Empresarial da B3 que reúne as companhias com as melhores práticas de Sustentabilidade e Governança. A empresa também está entre os destaques da edição 2018 do Guia Exame de Sustentabilidade.




assessoria