Linguagem
Destaque

Educação empreendedora: metodologia do Sebrae vai beneficiar cerca de 300 alunos no Cariri paraibano

Instituição está capacitando professores do município de São José dos Cordeiros, que vão trabalhar os conteúdos do JEPP

Foto: divulgação
Fomentar a educação e a cultura empreendedora, incentivando os alunos a buscar o autoconhecimento, adquirir novas aprendizagens e desenvolver o espírito de coletividade. Esse é o objetivo da metodologia Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), aplicada pelo Sebrae Paraíba, que deverá beneficiar este ano cerca de 300 alunos do município de São José dos Cordeiros, localizado no Cariri do estado.

Para que a metodologia, vinculada ao Programa Nacional de Educação Empreendedora da instituição, possa chegar aos alunos, o Sebrae está capacitando esta semana cerca de 35 professores da rede municipal de ensino. Eles serão os responsáveis por trabalhar em sala de aula, ao longo do ano letivo, os conteúdos previstos pelo JEPP, que são voltados aos alunos do ensino fundamental.

A capacitação, que teve início na última segunda-feira (3), está sendo realizada na Escola Municipal Manoel da Silva Almeida. Com duração de uma semana, ela apresenta aos professores a proposta pedagógica do JEPP, que conta com atividades específicas para cada ano do ensino fundamental, levando em consideração aspectos como a faixa etária dos alunos.

Através das atividades propostas pela metodologia, que trabalha os conteúdos de forma lúdica, os estudantes são estimulados a assumirem riscos calculados, a tomarem decisões e a terem um olhar observador para identificar oportunidades ao seu redor, além de outros conteúdos que são abordados pelos professores na rotina de sala de aula. 

Na avaliação da secretária de Educação de São José dos Cordeiros, Flávia Teobaldo, a metodologia JEPP vai proporcionar aos estudantes a oportunidade de desenvolvimento das habilidades necessárias a um empreendedor qualificado e bem sucedido, o que pode ter um impacto direto no futuro dos alunos. “É importante incentivar os jovens a empreender no próprio município, evitando que por falta de oportunidades de trabalho eles mudem de cidade”, acrescentou.

Já o analista do Sebrae Paraíba, Edvânio Maciel, destacou que o JEPP é uma forma de despertar nas crianças e adolescentes uma visão empreendedora. “O JEPP vai auxiliar os alunos para que surjam novas ideias, novas abordagens sobre determinados assuntos e para que se crie na criança e no jovem um diferencial visando o mercado no futuro, fazendo com que eles possam olhar para o passado e ver que de alguma forma trabalharam isso através da metodologia”, afirmou o analista.




Assessoria