Linguagem
Voos

Gol reduzirá sua capacidade total em até 70% nos próximos meses

A redução será de aproximadamente de 50% no mercado doméstico e 95% no mercado internacional

Foto: divulgação
A Gol anunciou hoje novas medidas de combate a crise que a pandemia do coronavírus está causando em diversos setores da economia, entre eles o Turismo. A companhia reduzirá sua capacidade total em aproximadamente 60 a 70% até meados de junho, sendo uma redução de 50 a 60% no mercado doméstico e uma redução de 90 a 95% no mercado internacional.

“Como uma companhia aérea experiente em operar com condições adversas, a Gol tem um modelo de gestão de frota altamente adaptável e flexível, baseado em frota única. Esse modelo sofisticado nos permite, mais uma vez, sermos decisivos enquanto minimizamos as interrupções para nossos clientes. Sabemos que resiliência e flexibilidade em meio à volatilidade atual são de fundamental importância”, destacou o vice-presidente de Operações da Gol, Celso Ferrer.

A aérea disse que mantém seus planos de negócios para médio e longo prazos, e disse que está pronta para ajustar sua oferta de voos de maneira ágil e racional, até que os níveis de demanda de clientes voltem à normalidade. A companhia ainda possui a habilidade para implementar prontamente ajustes mais severos, se necessários, sem ter que revisar os seus planos de frota ou estrutura corporativa. “Essa estratégia nos guiará pelas próximas semanas”, afirma o vice-presidente financeiro, Richard Lark. “Como empresa aérea brasileira, estamos preparados e agiremos de forma decisiva, o que é da nossa própria natureza. Esses ajustes são importantes para manter o equilíbrio do mercado, para que a Gol possa, após esse período de volatilidade, retomar sua trajetória de crescimento”.

“Como líderes na comunidade empresarial brasileira, queremos intensificar e ajudar nosso país a enfrentar essa pandemia”, diz o presidente do Conselho e acionista controlador da Gol, Constantino de Oliveira Junior. “Nesses nossos vinte anos como empresa aérea, enfrentamos e superamos muitos desafios, aprendendo bastante ao longo do caminho e nos fortalecendo no processo. Agora, estamos prontos para fornecer aos brasileiros o apoio e a assistência necessários”.



Panrotas