Linguagem
Destaque

EDUEPB e EPC promovem lançamento do segundo volume da trilogia “Celso Furtado: a esperança militante”

O evento virtual ocorrerá dentro da programação do “31 minutos”

A Editora da Universidade Estadual da Paraíba (EDUEPB), em conjunto com a Empresa Paraibana de Comunicação (EPC), lança, na próxima terça (23), o segundo volume da trilogia “Celso Furtado - a esperança militante”. O evento virtual ocorrerá dentro da programação do “31 minutos”, programa de Comunicação Social da UEPB, e poderá ser acompanhado ao vivo, às 15h, através do Canal Rede UEPB no Youtube e também pela página do Facebook da UEPB.

O segundo volume tem como título “Depoimentos” e reúne entrevistas realizadas pelos organizadores nos últimos cinco anos, com pessoas que trabalharam, estudaram e interagiram com Celso Furtado, entre 1959 e 2003, nos principais momentos de sua carreira acadêmica e política, que envolve sua atuação na Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), na criação da Sudene, nos ministérios do Planejamento e da Cultura, além do exílio.

Entre os entrevistados estão Otamar de Carvalho, o falecido sociólogo Chico de Oliveira, o economista Osvaldo Sunkel, Gozaga Belluzo, Oswaldo Martneer, Ângelo Osvaldo e os paraibanos Juarez Farias, que foi a primeira pessoa contratada por Furtado para o projeto da Sudene e Manoel Dantas Villar Filho, um dos primeiros engenheiros da Sudene. As entrevistas são precedidas de apresentações, leituras e contextos que situam esses atores na história recente do Brasil e, sobretudo, na vida de Furtado. O livro é apresentado pelo Governador da Paraíba, João Azevedo.

Entre os convidados para o lançamento virtual do livro estão a jornalista Naná Garcez, Rosa Freire D’Aguiar e alguns dos entrevistados, entre eles Otamar de Carvalho, Tânia Bacelar e Juarez Farias. A conversa entre os Organizadores da Trilogia, os pesquisadores Cidoval Morais de Sousa (UEPB), José Luciano Albino Barbosa (UEPB) e Ivo Marcos Theis (FURB) e os convidados para o evento virtual será mediada pelo apresentador do “31 minutos” e diretor da EDUEPB, Luciano Nascimento.

A trilogia é a maior e mais robusta obra já publicada sobre Celso Furtado e foi pensada para celebrar os 100 anos de nascimento desse paraibano que se tornou um clássico do pensamento brasileiro. Disponibilizada em versão impressa e digital, a obra não tem fins lucrativos. Apoiam o projeto, dentre outras instituições, além da UEPB e o Governo do Estado, o Centro Internacional Celso Furtado, o Instituto Nacional do Semiárido (INSA) e da Fundação de Apoio à Pesquisa da Paraíba (Fapesq/PB).




Assessoria