Linguagem
Oportunidades

Sebrae Paraíba realiza série de negócios ligados ao turismo

Ação teve início nesta segunda (6) no município de Areia e também será implantada no cariri paraibano

Foto: divulgação
Apoiar os empresários da cadeia produtiva de turismo para que possam realizar a retomada das suas atividades de forma segura e responsável. Com esse intuito, o Sebrae Paraíba, em parceria com a Prefeitura Municipal de Areia, está realizando uma série de encontros com os pequenos negócios da região oferecendo consultorias para que eles possam receber orientações de biossegurança. O projeto também será implementado, nesta terça-feira (7), em Bananeiras e, em breve, no cariri paraibano. 

"Outra ação contemplada é o apoio para aquisição do Selo do Turismo  Sustentável do Ministério do Turismo. Cerca de 20 empreendimentos das cidades de Areia e Bananeiras, na região do brejo paraibano, participam da iniciativa que também será aplicada na região do cariri", afirmou a  gerente regional em Guarabira do Sebrae Paraíba, Jacy Viana. O selo é um incentivo para que os consumidores se sintam seguros ao viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção da Covid-19, posicionando o Brasil como um destino protegido e responsável.

Para a presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, é preciso que todos estejam atentos aos protocolos necessários para que, dessa forma, a Paraíba esteja ainda mais em evidência no cenário do turismo nacional. "A retomada do turismo será lenta, gradual e muito local. Primeiro as pessoas irão viajar dentro da própria Paraíba, visitando municípios paraibanos. É importante que esse turista inicial se sinta seguro dentro dos equipamentos turísticos do estado para que a Paraíba se destaque cada vez mais", disse. 

Já o consultor Ayron Kerlly destacou a importância de que todos os profissionais envolvidos estejam cientes da importância da implementação dos protocolos. "A palavra biossegurança, hoje, é a palavra de retomada das atividades econômicas. É importante que desde o recepcionista até o pessoal da cozinha, da limpeza, esteja ciente desses protocolos, lembrando que o próprio turista também terá sua carga de responsabilidade", afirmou.




Assessoria de Imprensa SEBRAE PB