Linguagem
Prevenção ao Coronavírus

Especialista dá dicas de como proteger crianças na ida ao hospital durante pandemia

Pediatra da Unimed João Pessoa, reforça a importância da atenção dos responsáveis

Foto: divulgação
Com o isolamento social, as crianças estão passando mais tempo em casa e merecem uma atenção redobrada. Neste cenário, pode haver ocorrências que demandem atendimento médico. E nessa hora os pais ficam em dúvida sobre como agir, se devem levar os filhos para o hospital e, em caso positivo, quais os cuidados que devem adotar para garantir.

Nem sempre levar ao hospital deve ser a primeira providência a tomar. “Os pais tendem, pela ansiedade, a proceder da forma mais rápida e levam imediatamente os filhos para o pronto-socorro, mas, antes disso, é recomendável procurar o pediatra da família, que já acompanha a criança há mais tempo. Muitas vezes, a situação pode ser resolvida com agendamento em consultório”, orientou a pediatra Alexandrina Lopes, diretora-técnica administrativa do Hospital Pediátrico Moacir Dantas.

Caso seja necessário levar a criança ao hospital, a pediatra explica que é preciso tomar alguns cuidados, como a definição da forma de locomoção: carro particular ou transporte especializado. “Em situações como afogamento, por exemplo, é importante fazer a massagem cardíaca e ventilar, antes de levar ao pronto-socorro. Em casos de traumas, o mais aconselhável é solicitar a ambulância", orientou Alexandrina Lopes.

A médica pontuou, ainda, os principais motivos que devem ser considerados ao levar as crianças para o atendimento hospitalar. “Febre que não cessa há mais de 72 horas, diarreia com grande volume que evolui para vômitos, dificuldade para respirar e problemas associados à febre e tosse”, exemplificou. Além disso, sintomas alérgicos, coceira, acidentes domésticos, cortes ou queda que evoluem para sonolência, dor de cabeça forte e intoxicação merecem uma atenção importante e devem ser direcionados à assistência profissional.

O que fazer - Nas situações onde é necessário o deslocamento até uma unidade hospitalar, a pediatra aconselha como agir para evitar contaminação e preservar a saúde da criança:

•  Deve ser utilizada máscara;

•  Dê preferência a roupas de fácil retirada, confortáveis e leves;

•  Leve qualquer medicação receitada - ou se fez uso indevido de alguma substância, a embalagem tem que ser apresentada para uma eficaz administração de antídoto;

•  Tenha uma muda de roupa caso ela se suje com alguma necessidade fisiológica;

•  Lencinhos de higiene também são indispensáveis e práticos;

•  Durante o percurso, dentro do carro, é preciso que haja sempre alguém ao lado da criança para ficar vigilante e conversar com ela mantendo o grau de consciência. Além disso, também é necessário manter a cabeça elevada para evitar que, em caso de vômito, ela sufoque;

•   Os pais também precisam estar atentos à velocidade do veículo, para evitar freadas bruscas.

Referência em pediatria - Referência no atendimento ao público infantil, o Hospital Moacir Dantas é uma das unidades próprias do plano de saúde Unimed João Pessoa.

Buscando sempre oferecer mais conforto e rapidez no atendimento aos pacientes, a unidade conta com uma moderna estrutura que inclui leitos de internação, UTI pediátrica, um bloco cirúrgico com três salas e consultas.




Assessoria