Linguagem
Turismo

Abrajet PB elege os dez mais importantes bens materiais e imateriais da Paraíba

Foi apresentado, para a escolha, trinta monumentos para a seleção

Foto: divulgação
Em comemoração ao aniversário de 435 anos da cidade de João Pessoa, que deu início ao Estado da Paraíba, a Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo seccional Paraíba (Abrajet PB), escolheu, através de votação online, os mais importantes bens materiais e imateriais da Paraíba, segundo o critério dos jornalistas abrajeteanos.

Foi apresentado, para a escolha, trinta monumentos materiais e bens imateriais para a seleção. A Abrajet, que tem a missão de divulgar o turismo e valorizar a cultura paraibana e seus valores, elegeu os monumentos mais importantes com o objetivo de chamar a atenção de gestores e autarquias responsáveis, municipais e estaduais, para que esses bens sejam conservados, restaurados e preservados.

Os bens imateriais mais votados pelos jornalistas associados a Abrajet PB foram: Festa do Bode Rei, Renda Renascença, Maior São João do Mundo, Procissão de Nossa Senhora da Penha, Cachaças, Nau Catarineta de Cabedelo, Encontro da Consciência Cristã de Campina Grande, São João de Bananeiras, Fest Aruanda e Festa do Rosário de Pombal.

Já os bens materiais mais votados pelos jornalistas foram as  Itacoatiaras do Ingá, Vale dos Dinossauros, Fortaleza de Santa Catarina, Ponta do Seixas, Centro Cultural São Francisco, Lajedo Pai Mateus, Mirante do Atalaia, Areia Vermelha, Teatro Minerva e Turmalina Paraíba.

Segundo a presidente da Abrajet, Messina Palmeira, que idealizou o inventário, este é um legado que a entidade deixa para que a Paraíba seja, cada vez mais, vista e lembrada por pessoas do mundo inteiro. “Feita esta seleção, os jornalistas decidiram publicar uma coletânea num trabalho enriquecido com fotos e textos autorais escritos por seus associados”, revelou.



Assessoria