Linguagem
Empreendedorismo e educação

Professor paraibano amplia número de alunos com a criação de e-commerce

Com o apoio do Sebrae Paraíba, empreendedor ingressou no mundo digital

Foto: Acervo Pessoal
Qual relação pode existir entre os universos do empreendedorismo e da física? Aparentemente distantes e pouco compatíveis em um primeiro momento, esses dois mundos se uniram na vida do professor e empreendedor Yves Dantas, atendido pelo Sebrae Paraíba através do programa Sebraetec, que oferece aos pequenos negócios orientação customizada e acesso subsidiado a serviços de inovação e tecnologia.

Atuando há sete anos como professor de física, preparando alunos para vestibulares e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), Yves possui um curso presencial com conteúdos específicos da sua disciplina e, desde o mês de março, também passou a oferecer o serviço de forma online.

Para isso, ele contou com o apoio da consultoria contratada através do programa Sebraetec, que o orientou para essa inserção no universo digital. “Fiz uma consultoria que mostrou um passo a passo para montar um negócio digital, o que foi muito bom porque me deu visões sobre como eu poderia gerir meu negócio, criar uma esteira de produtos e de fato transformar meu produto presencial, que já vinha dando certo, em um negócio digital de sucesso”, explicou.

Conforme o professor, que iniciou sua trajetória profissional na cidade de Patos, no Sertão paraibano, a ideia de atuar no mundo digital surgiu depois que ele começou a trabalhar nas cidades de João Pessoa e Campina Grande, para que pudesse continuar atendendo às demandas dos alunos do Sertão. O curso online, que conta com aulas em vídeo, resolução de questões e material de apoio, começou a ser oferecido pouco antes do início da pandemia do coronavírus, que acabou potencializando o serviço.

“Como eu já tinha o curso online, assim que a pandemia começou, readaptar o meu presencial para o ensino remoto não foi um problema. Isso se tornou uma vantagem porque eu ganhei um grande público para o curso online devido a esse período que estamos vivendo de instabilidade na educação”, pontuou Yves, ao destacar que já conseguiu dobrar o número de clientes e que pretende expandir o negócio e investir ainda mais no e-commerce.

Para o analista do Sebrae, Thiago Jatobá, iniciativas como a do professor simbolizam as possibilidades de reinvenção oportunizadas pela tecnologia. “Ao passo que assistimos a maioria dos negócios em dificuldades, também podemos ver iniciativas exitosas de adaptação e mudança empresarial. Mesmo em um setor tradicional como a educação, a inovação e a tecnologia demonstram essas possibilidades de reinvenção, uma vez que as aulas a distância, a ampliação de escala e a possibilidade de atender mercados geograficamente distantes estão desafiando alguns empresários a pensarem em um novo formato para a educação”, afirmou o analista.




Assessoria de Imprensa SEBRAE PB