Linguagem
Black Friday 2020

Faturamento das vendas neste ano deve superar o resultado de 2019

.A principal explicação para essa projeção é justamente a pandemia do novo coronavírus

Levantamento realizado pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) mostra a abertura de mais de uma loja por minuto no início da pandemia e o E-commerce Brasil registrou uma alta de 80% nas vendas online em comparação com o mesmo período em 2019.

Em função do aumento do comércio eletrônico, a tendência é de um crescimento ainda maior neste ano das vendas durante a Black Friday 2020 que acontece em 27 de novembro. Segundo a ABComm, o faturamento das vendas na Black Friday neste ano deve superar o resultado de 2019, quando foi batido o recorde de vendas online. A principal explicação para essa projeção é justamente a pandemia do novo coronavírus e a construção do hábito de comprar pela internet a partir de março deste ano, quando começou a pandemia.

Seja na divulgação de um perfurador de solo manual, celulares ou de produtos de limpeza, o importante é uma campanha bem produzida, divulgada no site da empresa e nas redes sociais, com as melhores ofertas. Isso tudo ajuda a atrair os consumidores. A previsão de pico nas vendas será entre a véspera da Black Friday - neste ano, o dia 26 de novembro, quinta-feira - e a terça-feira seguinte, dia 1º de dezembro.

Muitos comerciantes prorrogam as promoções de olho no dinheiro da primeira parcela do 13° salário que sempre é paga pelas empresas no final de novembro. A Black Friday, que antes era forte na venda de eletrodomésticos e roupas, agora tem até promoções de implemento agrícola à venda seja em descontos ou até em parcelamentos maiores e sem juros.





da Redação
da Redação