Linguagem
Mais segurança!

Plataforma digital permite registro gratuito de tratores e máquinas agrícolas

O acesso ao crédito e as ações de segurança em relação a roubos e furtos.

A tecnologia tem sido uma importante aliada do trabalhador do campo. Recentemente, foi a vez do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) lançar uma Plataforma Digital de Registro e Gestão de Tratores e Equipamentos Agrícolas (ID Agro), que promete facilitar ainda mais o setor agrícola.

Com o site, agora, é possível realizar o registro oficial de tratores e equipamentos agrícolas, sem custos para o produtor rural. Ou seja, se você em adquirir uma semeadeira, um trator, ou uma plantadeira Vence Tudo, por exemplo, há uma preocupação a menos. Além de economizar nos gastos, é claro.

Para fazer o registro, é preciso ter cadastro no aplicativo ID Agro, colocando os dados pessoais. Além disso, é necessário ter a nota fiscal do bem e procurar uma agência autorizada da marca do bem. Somente as agências autorizadas poderão fazer o registro.

Em seguida, a concessionária irá analisar os documentos originais do proprietário, a nota fiscal e a numeração do chassi ou de série do bem. O registro pode ser feito tanto para equipamentos novos como para usados.

Outro vantagem da plataforma mais dinâmica, é que o registro vai permitir o trânsito de veículos em vias públicas, sem exigir o licenciamento e emplacamento, além de facilitar a comercialização de tratores usados, o acesso ao crédito e as ações de segurança em relação a roubos e furtos.

De acordo com o Censo Agropecuário do IBGE de 2017, existem 1.229.907 tratores em 734.280 estabelecimentos agropecuários no Brasil. Destas propriedades, 14,5% possui pelo menos um trator. A Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) estima que sejam adquiridos aproximadamente 35 mil novos tratores a cada ano no Brasil.

O sistema do ID Agro foi desenvolvido por meio de uma parceira entre a Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Mapa e o Instituto CNA (ICNA).

O sistema foi desenvolvido em parceira entre a Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Mapa e o Instituto CNA (ICNA)

O registro vai permitir o trânsito de veículos em vias públicas, sem necessidade de licenciamento e emplacamento, além de facilitar a comercialização de tratores usados, o acesso ao crédito e as ações de segurança em relação a roubos e furtos.

A plataforma foi lançada em evento realizado na sede da CNA. A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) lembrou que o sistema foi implementado rapidamente pelo Mapa e pela CNA, para adequar os equipamentos agrícolas à legislação de trânsito do Brasil. "São ferramentas como esta, simples, sem custo para o agricultor, mas de grande valia, que queremos ter cada vez mais em nossa agricultura, porque é isso que precisamos".




da Redação
da Redação