Linguagem
Destaque

Saiba como funciona o bazar solidário da ONG Milagre Sertão

Iniciativa beneficia comunidades que sofrem com os efeitos da seca no interior do Estado

Foto: divulgação
Transformar a vida das pessoas e tornar momentos do dia a dia em inesquecíveis. Com esse propósito, a ONG Milagre Sertão mobiliza as pessoas e conta com uma rede de apoio para prestar assistência às famílias carentes que sofrem com os efeitos da seca no interior da Paraíba. As iniciativas do projeto encantam doadores e voluntários e são essenciais para valorizar as famílias carentes que vivem em situação de vulnerabilidade social. Uma delas é o bazar solidário, em que são arrecadados roupas, calçados e acessórios. 

Devido a pandemia da covid-19, as ações pelo interior da Paraíba estão paralisadas, porém, há atividades em andamento. “Enquanto as ações não retornam, estamos com algumas atividades em processo na nossa sede, em João Pessoa. Uma delas é a triagem das peças que foram doadas para o nosso bazar”, conta a voluntária Wanessa Vasconcelos. “Um grupo de voluntários ficou responsável pela triagem e, com muito cuidado e carinho, estão avaliando a qualidade e a condição de uso das peças. Além disso, estão realizando a limpeza, contabilidade e separação por gênero e tamanho”, comenta.

Segundo ela, o trabalho é essencial para a construção do bazar solidário. “É a partir dele que elaboramos as fichas de identificação, indicando o número de peças que cada família poderá adquirir no dia da ação”, diz a voluntária. 

De acordo com Wanessa, o bazar é um espaço de acolhimento especial nas ações. “É uma oportunidade de estarmos ali, lado a lado, partilhando nossas vivências e recebendo todo carinho das famílias atendidas. É nesse encontro entre voluntários e comunidade que percebemos a simplicidade e o cuidado que eles têm ao pensar mais nos seus do que em si mesmo. E, ao final, nós temos a certeza que recebemos muito mais do que levamos naquele dia”, declara. 

A campanha inicia com a arrecadação de diversos itens, como bolsas, calçados, cintos e roupas. “Recebemos as doações por meio dos pontos de coleta ou dos voluntários meses antes da ação. Em seguida, começamos a triagem das peças, que é um trabalho muito importante para o bazar, em que avaliamos a qualidade e as condições de uso dos itens e separamos por gênero e tamanho”, conta a voluntária. 

Outro processo importante para a realização do bazar é a elaboração das fichas de identificação. “Nós listamos os membros de cada família e o número de peças disponíveis para cada um. Essas informações já fazem parte do banco de dados da ONG e são coletadas durante as visitas nas comunidades. As fichas são entregues ao representante de cada família”, comenta Wanessa. Após muito trabalho e dedicação de toda a equipe de voluntários, chega o dia de montar o bazar. “O cantinho do bazar é montado com muito amor e carinho por todos nós. As doações são dispostas pelo espaço e proporcionam a sensação acolhedora de uma verdadeira lojinha. Cada família é recebida por um voluntário e juntos realizam a escolha das peças. É um momento de troca entre as famílias e o time da ONG, o que torna tudo ainda mais especial”, declara.

Como doar - Para participar, basta entrar em contato via direct no instagram @milagresertao e agendar dia e horário de entrega com um voluntário. As doações podem ser feitas por qualquer pessoa, basta estarem em boas condições de uso. Durante a pandemia, a arrecadação está suspensa. 

Sobre o Projeto Milagre Sertão - A partir da iniciativa de um grupo de jovens para levar mantimentos às famílias do interior paraibano surgiu a ideia do Projeto Milagre Sertão. A primeira ação aconteceu de forma espontânea e se tornou fonte de inspiração e incentivo para uma pesquisa maior sobre o tema, que revelou as causas reais das necessidades existentes. Fundada em 2013, com sede em João Pessoa, a ONG promove soluções eficazes no desenvolvimento de sistemas sustentáveis por meio do empoderamento das famílias que sofrem com os efeitos da seca levando doações de alimentos, roupas, brinquedos e outros itens de necessidade básica, além de oferecer serviços de apoio à comunidade, como temas em empreendedorismo, soluções agrícolas e atendimento médico-odontológico.

Além disso, o projeto tem uma linha de atuação baseada na busca por soluções efetivas e duradouras contra os efeitos da seca, como a implantação de sistemas de comércio solidário sustentável, instalação de poços, cisternas, realização de cursos de capacitação para o melhor aproveitamento dos recursos naturais e consequente amenização dos efeitos desse fenômeno natural.

A ONG Milagre Sertão fica na Rua Antônio Rabelo Júnior, nº 81 Sala 01 e 02 - Miramar. Outras informações, no site milagresertao.org/, no (83) 3021-9891 e no instagram @milagresertao.





Assessoria