Linguagem
Destaque

Grupo Boticário terá 100% de seus itens de perfumaria produzidos com EcoÁlcool

Obtido por processo mais sustentável do que o álcool tradicional, aproveita até o bagaço da cana de açúcar

Foto: divulgação
A partir deste ano, o Grupo Boticário terá 100% das suas linhas de fragrâncias produzidas com EcoÁlcool. Como parte da meta da companhia em tornar sua produção cada vez mais sustentável, a empresa tem trabalhado em inovações tecnológicas capazes de traduzir em seus produtos esse compromisso com um crescimento ecologicamente responsável. E desde 25 de janeiro todos os novos itens de perfumaria já passaram a conter o EcoÁlcool na sua fórmula.

Fabricado da cana-de-açúcar, assim como o álcool, o EcoÁlcool é feito a partir do bagaço da cana e outros resíduos de biomassa, que antes eram queimados ou descartados. Este processo também garante a redução na pegada de carbono em mais de 30% em relação ao álcool tradicional. A tecnologia para essa produção foi desenvolvida pela Raizen.

Alternativa para combustíveis em automóveis, o EcoÁlcool agora tem na indústria de cosméticos o Grupo Boticário como pioneiro desta prática no Brasil. Em 2019, a empresa já havia anunciado que a linha Nativa SPA de O Boticário seria a primeira a usar o EcoÁlcool na sua composição e agora estende o compromisso para todo o catálogo de produtos de perfumaria das suas marcas.  Com o EcoÁlcool, outra vantagem ambiental obtida é a diminuição da necessidade de plantar cana para aumentar a produção, tendo um uso mais eficiente da terra e maior produção com mesma área plantada.

“O Grupo Boticário já era pioneiro em utilizar o EcoÁlcool em cosméticos no Brasil e agora amplia esse compromisso sustentável para todas as suas fragrâncias. Agora ampliamos o aproveitamento de forma integral da cana de açúcar, em um processo mais tecnológico e ecologicamente correto”, comenta Rafael Müller, Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento do Grupo Boticário.

Com foco em um crescimento sustentável desde sua fundação, o Grupo Boticário renova ano após ano seu compromisso com boas práticas ambientais na sua indústria. Em 2020, Artur Grynbaum, CEO da empresa, foi nomeado como porta-voz do ODS 12, um dos 17 objetivos estabelecidos pela Agenda 2030 da ONU para um desenvolvimento sustentável. Neste item, a meta é assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis, algo que faz parte da essência do Grupo Boticário e que é reforçado por mais essa novidade referente ao EcoÁlcool.




Assessoria