Quanto mais precoce o diagnóstico do câncer, mais chances de cura

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), para o Brasil, a estimativa para cada ano do triênio 2020-2022 aponta que ocorrerão 625 mil casos novos de câncer (450 mil, excluindo os casos de câncer de pele não melanoma). 

Este mês, no dia 4 de fevereiro, ocorre a Campanha do dia Mundial do Câncer, que é uma iniciativa global organizada pela União Internacional para o Controle do Câncer (UICC) com o apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS). 

O objetivo é aumentar a conscientização e a educação mundial sobre a doença, além de influenciar governos e indivíduos para que se mobilizem pelo controle do câncer, evitando assim milhões de mortes a cada ano. 

O tema deste ano do dia Mundial do Câncer é  “Eu sou e eu vou” para lembrar que se trata somente de você e de seu compromisso de agir. 

Como agir? 

– Atividade física regular. O exercício físico tem fator protetor comprovado por promover o equilíbrio hormonal, o melhor funcionamento do intestino, diminuir o estresse psíquico, reduzir o risco de obesidade e manter um peso adequado. Atividade física pode ser feita com dança, caminhada, musculação, prática de esportes e etc. Procure a atividade que te traz mais prazer e se encontre consigo mesmo. 

– Alimentacão o balanceada com dieta saudável é uma das formas mais importantes para prevenção do câncer. Uma alimentação rica de origem vegetal com verduras, legumes, frutas e proteínas e baixa ingestão de carboidrato 

– Proteção contra o câncer de pele. Independente do seu tom de pele, faça uso de protetor solar, uso de camisas UV, chapéus e se proteja. Deve-se evitar a exposição ao solar de 10h-16h;

– Vacinacão contra HPV. O vírus do HPV é fator de risco para o aparecimento de câncer de colo de útero e câncer de cabeça e pescoço. A vacinação não realiza tratamento, porém previne o aparecimento de lesões que podem gerar o câncer,

– Cessar tabagismo e álcool. O álcool e o tabagismo estão fortemente ligados com o risco aumentado de vários tipos de cânceres.

– Fazer seus exames de rastreamento regulares e anuais.  São eles os de rotina:  mamografia anual a partir de 40 anos (de acordo com os guidelines internacionais); realização de PSA (exame laboratorial) e toque retal anual entre 40 e 75 anos; realização de Papanicolau (exame citopatológico) de 25 a 64 anos a cada 3 anos, após dois exames normais; tomografia computadorizada de tórax em pacientes que tem história de tabagismo; colonoscopia a cada 10 anos entre 50 e 75 anos. Deve-se lembrar que estes para fazer estes exames é necessária consulta médica prévia. 

Quanto mais precoce o diagnóstico do câncer, mais chances de cura!

Informe-se e fale no assunto. Difunda hábitos saudáveis e converse sobre com seus amigos e familiares. É um ato de amor e empatia. Com isso, podemos salvar vidas!

Mariane Teodoro Fernandes | CRM-PB: 9034 | Especialidade: Oncologista Clínica