Wanderlust aí vamos nós! Dicas de ouro para viajar curtindo e economizando!

Olá viajante! Estou aqui sobrevivendo na minha quarentena sem fim num lockdown de quase 90 dias sem poder viajar nem pra cidade vizinha, mas sonhar não custa nada e planejar é comigo! 

Aqui no Wanderlust Aí Vamos Nós queremos ajudar você a se distrair nesta pandemia, mesmo que seja apenas sonhando com seu próximo destino então vamos trazer dicas de ouro para viajar curtindo e economizando para ter mais experiências do que números de carimbos no seu passaporte mental.

Quando alguém me pergunta: como você fez essa viagem? contratou agência? minha resposta é quase sempre não. O motivo, além de financeiro, é porque quando nós fazemos o roteiro fica algo mais personalizado, seguindo seu ritmo. E para quem já viajou comigo, isso não quer dizer desacelerado.

Geralmente acordamos cedo e após um café reforçado saímos. A volta, não sabemos a hora, mas sempre chegamos cansados e empolgados com o novo dia de passeios.

Se tivesse mais oportunidades, com certeza viajaria mais, e até com o conforto de ter um pacote pronto, com guia, transporte e passeios na comodidade, no entanto, a aventura de economizar também rende boas histórias.

A primeira dica que eu dou é: planejamento

Seja ele financeiro, roteiro/destino, é preciso pesquisar tudo a respeito. Sonhar com a viagem faz parte da aventura de viajar.

Segunda dica: organização

Se é preciso pesquisar tudo e planejar, fazer um cronograma é importantíssimo. Não apenas o dia da ida e da volta, mas todo o percurso da vida para chegar até colocar a mala ou a mochila para passear.

Organizar as informações coletadas, cotações de passagens, valores de hotéis, moeda (se for ao exterior), locais para visitar, dinheiro que pretende guardar para a viagem, o que vai ou não entrar na mala, tudo isso ajuda para não sair nada fora do controle.

Terceira dica: sonhar

Após planejar, organizar as informações, sonhar com o destino é quase que terapia. Ver fotos de outros viajantes, imaginar o sabor da comida, cruzar novos limites territoriais e da vida.

E por fim, tornar o desejo real e para isso a última dica: mãos à obra!

Isso mesmo, é preciso viajar, nem que seja para a cidade vizinha. Um passeio diferente começa alí.

Às vezes conhecer um local próximo de onde você mora não custe muito tempo e nem dinheiro, mas precisa estar nos seus planos. Não sou a favor de nada de última hora, mas pra quem gosta, tá valendo.

Arrumar uma mochila ou mala é apenas uma das etapas da viagem, muito burocrática, para dizer a verdade, mas é uma delícia trazer dentro dela, mais conhecimento e registros de momentos sonhados e realizados.

Estamos aqui para ajudar você com essas dicas e muito mais. Conte conosco do Wanderlust: Aí vamos nós para ser seu parceiro no próximo destino! Até semana que vem!