Please assign a menu to the primary menu location under menu

Sebrae Paraíba abre, nesta quarta-feira (5), edição 2021 da Feira Internacional de Negócios Criativos e Colaborativos

Foi aberta oficialmente, na manhã desta quarta-feira (5), a Feira Internacional de Negócios Criativos e Colaborativos (FINCC) 2021, que tem organização do Sebrae Paraíba e chega, agora, a sua terceira edição digital. O evento, que será 100% virtual e gratuito, contará com 24 palestras, oito mesas redondas, quatro rodadas de negócios e já tem, no seu marketplace, mais de 300 lojas virtuais, com expositores de 16 estados e até mesmo de Portugal. A programação da FINCC Digital 2021 segue até o próximo sábado, dia 8, e pode ser acompanhada pelo site http://fincc.com.br/

Com o objetivo de promover negócios criativos, ampliar conhecimentos, promover o networking e estimular a inovação nos pequenos negócios, a FINCC Digital 2021 consolida o meio virtual como alternativa criativa de garantir aos empreendedores um espaço para manter a conexão com os clientes. Durante a solenidade de abertura da Feira, o superintendente do Sebrae Paraíba, Walter Aguiar, destacou que o evento é importante neste momento de reconstrução e reorganização de todos os segmentos, que foram fortemente impactados pela pandemia da covid-19. 

“Vivemos um momento em que o isolamento é necessário, mas a colaboração é fundamental para conseguir ultrapassar esse período, tendo sido importante, inclusive, para a produção das vacinas. Além disso, embora tenhamos observado o aumento no número de MEIs, 82% destes negócios diminuíram seu faturamento. Então, vivemos um desafio muito grande para este segmento e o Sebrae participa naquilo que lhe cabe. Estamos abertos para colaboração e parceria, ressaltando que a economia criativa é fundamental para desenvolver economias como a do nosso país e estado”, afirmou. 

O gerente da Unidade de Competitividade do Sebrae Nacional, César Rissete, também participou da solenidade de abertura da FINCC Digital 2021 e ressaltou que o evento é referência e tem ajudado os empreendedores. “Fomos desafiados do ponto de vista de repensar o modelo de negócio e como atendemos os empreendedores. A feira é um excelente exemplo do que é possível fazer nesse momento difícil para todos e do empenho do sistema Sebrae não só para salvar vidas, mas também os empreendedores”, enfatizou. 

A gestora de Economia Criativa e Turismo do Sebrae Paraíba, Regina Amorim, frisou que o acesso à feira é gratuito e mais de três mil produtos estão disponíveis para os consumidores no marketplace, que ficará disponível até o dia 31 deste mês. “A FINCC Digital 2021 é um caminho exitoso para a transformação digital dos pequenos negócios criativos, proporcionando, também, casos de sucesso, mesas redondas com temáticas excelentes e rodadas de negócios para prospectar novos negócios e parcerias”, disse. 

Reconhecimento – O diretor executivo do Centro de Inovação da Mouraria (CIM) de Lisboa, Bernardo Gaeiras, afirmou que dez projetos do centro serão expostos na loja virtual da FINCC Digital 2021. “Estamos orgulhosos em participar desta edição da feira, com projetos das áreas de design de moda, audiovisual e design gráfico. É com entusiasmo que estamos abrindo mercado por meio dessa parceria que só seria possível a partir do meio digital”, salientou. 

Por sua vez, o diretor presidente da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), Marcos Alves, parabenizou a iniciativa de uma feira digital neste momento difícil. “O Sebrae consegue dar exemplo de criatividade e superação de dificuldades ao integrar a todos neste processo de troca e negociação. O digital é um bom caminho para isso”, comentou. Já a presidente da PBTur, Ruth Avelino, representou o governo do estado e enfatizou a importância do trabalho desenvolvido pelo Sebrae Paraíba. “O Sebrae é fundamental para o desenvolvimento das atividades dos pequenos negócios e traz o entusiasmo nesse período tão difícil para todos nós. Acredito na retomada, com todos os cuidados, e nas parcerias que temos”, disse. 

Economia criativa – A terceira edição da FINCC Digital será realizada no ano estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o “Ano Internacional da Economia Criativa para o Desenvolvimento Sustentável”. Entre os segmentos que participam do evento, estão: artesanato, artes cênicas, música, literatura, gastronomia, design, artes plásticas, audiovisual, cinema, teatro, circo, games, websites, arquitetura, moda e museus. Em comum, os negócios que atuam nesses segmentos relacionados com a economia criativa utilizam o conhecimento, a criatividade, a cultura e a tecnologia para agregar valor aos seus produtos e serviços.