Energisa alerta para consumo consciente de energia em tempos de home office e aulas online

O verão já se despediu e em algumas regiões a nova estação traz perspectivas de temperaturas mais amenas. Mesmo assim, a mudança na rotina da maioria das pessoas devido à pandemia tem contribuído para o aumento no consumo doméstico de energia elétrica. 

Entre janeiro e março deste ano, os paraibanos registraram aumento de quase 4% no consumo de energia, em comparação ao mesmo período de 2020. A mudança na rotina da maioria das pessoas tem contribuído para esse aumento, já que muitas famílias têm passado mais tempo em casa, com trabalhos remotos e aulas online. 

“Adultos em home office, crianças e jovens estudando online, lazer restrito, abre e fecha de geladeira, equipamentos eletrônicos conectados o dia todo, ar-condicionado e ventiladores em vários ambientes para amenizar o calor. Tudo isso influencia diretamente no consumo da energia elétrica”, explica a engenheira especialista em Eficiência Energética da Energisa na Paraíba, Carla Petrucci. 

De acordo com a engenheira, alguns equipamentos como ar-condicionado, geladeira, chuveiro elétrico e ferro de passar podem até ser listados entre os “vilões do consumo doméstico”. No entanto, o gasto de energia também está atrelado aos hábitos individuais e coletivos das pessoas que integram a rotina da unidade consumidora. 

“Algumas práticas como guardar alimentos quentes na geladeira ou sobrecarregar a tomada com vários aparelhos, também contribuem para aumentar o consumo da energia. Por isso, além de manter as instalações elétricas revisadas, adquirir equipamentos com selo de eficiência energética e desligar aparelhos sem uso das tomadas, é importante que as pessoas adotem um comportamento consciente e assumam o compromisso diário de evitar o desperdício de energia”, enfatiza Carla. 

Espaço adequado e consumo econômico

Para ajudar você na tarefa de usar a energia elétrica de maneira consciente, a Energisa listou alguns equipamentos e práticas que podem ajudar a economizar energia, mesmo durante o trabalho em home office e aulas online: 

Trabalho e estudo em casa– ao trabalhar ou realizar atividades escolares em casa, procure um ambiente ventilado e com maior entrada de iluminação natural. Dessa forma, não será preciso manter as lâmpadas acesas durante o dia todo. Se, mesmo assim precisar acender a lâmpada, dê preferência às de LED, pois esses modelos consomem menos energia.  Computador– Nos intervalos do trabalho, das aulas ou até da diversão online, desligue o monitor ou ative o “modo de espera” do computador ou notebook para poupar energia. 

Equipamentos novos– ao comprar um computador ou impressora novos, dê prioridade àqueles com Selo Procel. A economia ao longo do tempo vale a pena. 

Luminárias– elas podem até tornar o ambiente de home office mais aconchegante, mas estão longe de ser econômicas. Por isso, evite deixá-las ligadas por muito tempo, assim como os abajures. 

Aparelhos em stand-by– televisão, micro-ondas, DVD, cafeteira e outros equipamentos na tomada consomem energia. Retire-os da tomada após o uso.