Please assign a menu to the primary menu location under menu

Horas após perder o posto, Jeff Bezos volta a ser homem mais rico do mundo

Após perder a posição por horas, Jeff Bezos é novamente o homem mais rico do mundo, com uma fortuna estimada em mais de US$ 188 bilhões. Bernard Arnault, diretor-executivo do grupo que controla a Louis Vuitton, aparece em segundo lugar, com US$ 187 bilhões. Os dados são da lista em tempo real da revista Forbes.

Na manhã desta segunda-feira (24/5), a situação era oposta, com Arnault à frente. Horas depois, as ações da Amazon, controlada por Bezos, tiveram alta de 0,8% e a situação foi alterada. O ranking mostra que o empresário teve um aumento de 1,15 % na sua fortuna, o que equivale a US$ 2,1 bilhões.

A riqueza de Bernand Arnault também cresceu. A fortuna do francês teve um aumento recente de 0,93%, representando US$ 1,7 bilhão. Ele foi o primeiro europeu a alcançar o topo da lista da Forbes desde 2015.

Atualmente, Elon Musk aparece em terceiro lugar, com US$ 152,5 bilhões. Bil Gates, fundador da Microsoft, é o quarto homem mais rico do mundo.

Riqueza de Bezos

Desde 2017, Bezos viu sua riqueza aumentar e praticamente quase dobrar. No último trimestre do ano passado, a Amazon teve lucro de US$ 7,2 bilhões, um crescimento de US$ 3,3 bilhões quando comparado com o mesmo período de 2019.

Mesmo com o progresso, a Amazon anunciou que trocará o comando ainda neste ano. O homem de 57 anos é dono de outras corporações, como o jornal The Washignton Post e a Blue Origin, que está no ramo da astronáutica.