CARREIRADESTAQUES

Confira três dicas para aumentar sua produtividade em apenas cinco minutos

Exame

Com base na neurociência, Leah Borski, especialista em gerenciamento de estresse para prevenção de Burnout, explicou três hábitos

Manter-se sempre produtivo e criativo é o objetivo da maioria dos profissionais de sucesso. O que muitas pessoas não sabem, é que para alcançar a plena produtividade não é necessário abrir mão da qualidade de vida e do descanso. Com base na neurociência, Leah Borski, especialista em gerenciamento de estresse para prevenção de Burnout e colunista da Entrepreneur, explicou como três hábitos podem aumentar a sua produtividade em apenas cinco minutos.

Cansaço? Estafa? Burnout? Faça da pandemia uma oportunidade de reset mental
Segundo Borski, pesquisas cientificas apontam que períodos de descanso intencional são conhecidos por impulsionar nossa energia produtiva, criatividade, liderança, mentalidade positiva, intuição e memória. A pressa causa estresse e exaustão que acabam por dificultar nosso poder de decisão e criação. O antigo estigma que o descanso torna alguém improdutivo e desmotivado cai por terra com essas novas descobertas.

Uma das táticas sugeridas é cochilar durante o expediente. Segundo a especialista, o cochilo aumenta o estado de alerta mais que uma xícara de café. Breves períodos de descanso também neutralizam os efeitos de uma noite mal dormida. Cochilar ainda nos torna melhores na solução de problemas, o que leva diretamente para mais inovação e produtividade – duas marcas notáveis ​​do sucesso.

Mas é claro que não é todo mundo que pode fazer isso. Porém, para para essas pessoas existem três técnicas de descanso que podem ajudar. E cada uma delas leva apenas cinco minutos.

Feche os olhos
Um estudo publicado pela Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, aponta que mais de 50% da superfície do cérebro é dedicada ao processamento de informações visuais. Fechar os olhos libera a energia associada a esses 50%, permitindo ao nosso cérebro a tão necessária recuperação. Podemos acessar os processos inconscientes que nos ajudam a nos conectar com nossas ideias inovadoras e resolver problemas de forma mais eficiente, simplesmente diminuindo a entrada visual.

A dica é criar um ambiente aconchegante para uma soneca sem a expectativa de adormecer. A intenção é tirar a pressão de contribui muito para o relaxamento e aumentar a produtividade. É interessante colocar uma música suave para ajudar a abafar quaisquer ruídos que possam distrair. Permita que suas pálpebras se fechem suavemente e fique atento aos pensamentos que surgirem.

Sonhe acordado
Pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, descobriram que sonhar acordado aumenta nossa criatividade. “Reservar um tempo para o pensamento que flui livremente permite o desemaranhamento quase sem esforço das informações confusas em nossas mentes”, explica Borski.

O ideal, segundo Borski, é relaxar para que esses pensamentos venham a tona. Para obter melhores resultados, ela aconselha que é necessário ter a intenção de sonhar acordado. “Você deve ser capaz de perceber quando está nesse estado e sair à vontade, mas isso requer alguma prática”.

A dica para atingir este estado é escolher uma foto ou obra de arte que pareça relaxante ou talvez uma cena calma do oceano ou algumas flores contra um céu azul brilhante. O azul é calmante e o laranja estimula a criatividade. Defina um cronômetro para cinco minutos. Sente-se confortavelmente e observe a imagem. Permita que sua mente viaje enquanto mantém o foco na sensação que você obtém da imagem, e mantenha uma caneta e um bloco de notas por perto para anotar quaisquer lampejos de inspiração que apareça.

Respire fundo
Segundo pesquisa publicada no portal acadêmico Karger, apenas o cérebro consome 20% de todo o oxigênio que um adulto precisa. Isso significa que o oxigênio é o combustível do qual nosso cérebro depende muito para o planejamento e tomada de decisões.

Por isso, a respiração focalizada nos dá um impulso de energia mental. Ela também nos ajuda a relaxar em nossos processos mentais inconscientes, apoiando a criatividade e a produtividade ao ativar nosso sistema nervoso parassimpático (responsável pelo relaxamento mental e fisiológico).

A dica é primeiro, praticar a respiração diafragmática – puxando o ar para a barriga em vez de para a parte superior do peito. Coloque uma das mãos sobre o coração e a outra sobre o abdômen enquanto inspira. Quando sua mão inferior sobe durante a inalação e a superior não, você sabe que está trazendo o ar totalmente para o diafragma.

Em seguida, respirando apenas pelo nariz, inspire contando até quatro, segure contando até quatro, expire contando até quatro e segure novamente contando até quatro. Repita essa sequência de dois até cinco minutos.

Usando essas técnicas, nosso cérebro é capaz de separar informações e remontá-las, como peças de um quebra-cabeça, de uma forma que nossa mente consciente sozinha não consegue. “Quando entramos no nosso nível mais profundos de consciência, entendemos que não precisamos trocar nossos sonhos por um descanso restaurador”, conclui Leah Borski.

Deixe um comentário