Linguagem
Educação

Busca por cursos livres crescem 119% durante a pandemia

Cursos de idiomas, programação e negócios são os mais procurados

Foto: internet
Com mais de um ano de quarentena, os últimos meses foram de readaptações e novos aprendizados, incluindo a oportunidade de experienciar novas formas de trabalhar, se exercitar e estudar. Neste cenário, a qualificação à distância tornou-se uma possibilidade de agregar valor aos currículos profissionais. 

O Qualifica, aplicativo educacional que capacita profissionais do futuro através de cursos livres e MBA, sentiu de perto estes impactos. Segundo a edtech, em meio a pandemia, houve uma grande procura por cursos de idiomas, programação e negócios. 

Além do Top 3 mais buscados, as categorias de cursos de saúde, informática, liderança, finanças pessoais, empreendedorismo, desenvolvimento pessoal e primeiro emprego seguem em crescimento no ranking. O público empregado CLT (43%), desempregado (22%)  ou em busca de um upgrade na carreira (15,5%) foram os que mais se empenharam na busca por qualificação. A maioria possui ensino médio (42,5%) ou superior (38,8%).

“Olhando especificamente para os cursos livres que oferecemos, identificamos um aumento de procura de 119% em relação a 2020 versus 2019. Desde 2016 nosso objetivo sempre foi esse, levar educação de qualidade para evoluir e transformar a vida da população. Entendemos que o momento tem exigido maior qualificação dos profissionais e estamos aqui para ajudá-los”, comenta o CFO, Ricardo Drummond.

Com o objetivo de apoiar a formação de novos profissionais e prepará-los para o mercado pós-covid, o Qualifica tem investido em cursos e conteúdos com temáticas voltadas para soft skills e habilidades do futuro. A empresa encerrou o último ano com mais de 150 canais de distribuição e cresceu 27% entre 2019 e 2020, com aumento de equipe em 50%. Com tamanho crescimento, a expectativa para 2021 é dobrar de tamanho e, para acelerar o crescimento e atender a demanda trazida pela pandemia, a empresa já está em negociação para a captação de novos investimentos. 

“Nosso plano é atingir 10 milhões de pessoas com nossos programas de capacitação e desenvolvimento. Para isso, estamos lançando também em 2021 o Qualifica para Empresas e o Qualifica nas Escolas”, comenta o CEO da edtech, Rômulo Abdalla.

App Qualifica

Atualmente, a edtech possui em sua plataforma mais de 3,6 mil aulas divididas em 100 cursos. Como diferencial, a startup oferece aos usuários uma inovação robusta, feita através de Gamificação, além de Clube de Vantagens, Carteirinha Estudantil Digital, MBA em Liderança Para o Futuro e o lançamento de cursos semanais, criados por instrutores renomados, com temáticas atualizadas, voltadas para as necessidades do mercado de trabalho.

“A pandemia reforçou a importância da tecnologia e da digitalização. Deixamos de ser um produto desejável nas empresas e passamos a ser um produto essencial para as empresas que querem prosperar no mercado pós-pandemia", reforça Ricardo Drummond.




assessoria