Linguagem
Bem estar

Unimed João Pessoa realiza pedidos especiais dos clientes no Dia do Desejo

Projeto tem a finalidade de proporcionar uma experiência especial aos pacientes

Foto: divulgação
Alguns pacientes acometidos com a covid-19 precisam de uma “ajuda” externa para respirar melhor. Há casos em que a traqueostomia – procedimento que consiste na abertura de um orifício na traqueia e colocação de uma cânula para a passagem de ar – é indicada para a desobstrução das vias respiratórias. Enquanto está com a cânula, o paciente não consegue falar e se alimentar pela boca. Por isso, quando o equipamento é retirado, é necessário “reaprender” a falar e a se alimentar sozinho.

Para proporcionar uma experiência especial nesse momento, no Hospital Alberto Urquiza Wanderley, o paciente pode fazer um pedido quando é liberado para voltar a ingerir alimentos sólidos e desejar qualquer comida. Com a devida avaliação e autorização da equipe composta de médico assistente, fonoaudiologia e nutrição, o alimento é concedido no Dia do Desejo.

Dona Amável - Dona Francisca Menezes Sá, de 92, anos ficou quase 70 dias internada. Destes, mais de 30 usando uma cânula.  Assim que reaprendeu a comer, Dona Amável, como é conhecida, fez logo o pedido de bolo de rolo. 

Como o apelido já demonstra, Dona Francisca é uma pessoa muito amável e conquistou toda a equipe que a atendeu no Hospital Alberto Urquiza Wanderley. Por isso, o seu Dia do Desejo foi ainda mais especial e teve um pouco mais do que o bolo de rolo. Ela ganhou também uma mesa posta na varanda do apartamento com a participação do Projeto Tocando em Vidas, que faz apresentações para pacientes dos hospitais próprios da Unimed JP (Alberto Urquiza Wanderley e Hospital Pediátrico Unimed). O repertório foi escolhido por Dona Amável.

“Sou muito grata por esta sensibilidade no cuidado. Me emociono ao ver tudo isso que fizeram para mim”, disse sobre o bolo, a mesa especial e as músicas. Dona Amável já recebeu alta hospitalar e está em casa, aos cuidados da família, que conta com nove filhos, 13 netos e 11 bisnetos. 

Reaprendendo a comer e a falar - A fonoaudióloga dos hospitais próprios da Unimed JP, Jully Anne Soares de Lima, explicou que, após o paciente apresentar condições de respirar sem o ventilador, é iniciado o atendimento fonoaudiológico voltado para a reabilitação vocal e deglutição (falar e comer). “Neste momento, tornamos possível a produção da voz por meio da oclusão da traqueostomia. A partir do momento em que ele consegue falar e deglutir a saliva, é possível que se retire a cânula”, explicou.

Antes de liberar a alimentação por via oral, são feitos testes para avaliar se o paciente apresenta risco de engasgar ou não, pois a intubação e a presença da cânula de traqueostomia aumentam o risco da disfagia (alteração da deglutição). Quando o paciente apresenta condições de se alimentar pela boca, a dieta por via oral é liberada e gradativamente são introduzidos alimentos mais sólidos.

O projeto - O Dia do Desejo é um projeto da Unimed João Pessoa, realizado em seus hospitais próprios pela equipe de Experiência do Cliente, com a finalidade de contribuir com a recuperação física e o bem-estar. Os pedidos atendidos são os mais variados, desde uma comida diferente e um culto no apartamento a uma música especial. Já houve, inclusive, casamento na capela do Hospital Alberto Urquiza Wanderley. A iniciativa integra os projetos de humanização, que visam dar ao paciente o cuidado integral.




assessoria